Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

O Amigo Gigante

 

Ontem foi dia de cinema. Aproveitámos a promoção McBox Cinema, pelo que os bilhetes ficaram mais baratos, a 1 euro cada um.

O filme escolhido foi O Amigo Gigante.

Já tinha ouvido falar bem do filme, mas não fazia ideia do que me esperava. Foi uma óptima escolha. 

E sim, também chorei com esta história. Raio de sensibilidade que havia de ter para estas coisas!

 

 

 

Mas foi impossível não o fazer, ao ver esta amizade tão inesperada entre uma pequena menina orfã, curiosa e destemida, e um gigante anão pouco convencional, e com uma linguagem maluca, que apanha sonhos para depois distribuir pelos humanos.

 

 

 

Sofia é a menina que vai desafiar as ordens da directora do orfanato:

"Nunca saias da cama, nunca chegues perto da janela, nunca olhas para lá das cortinas".

Ela vai fazer tudo isso, e vai ver o gigante que, supostamente, é responsável pelo desaparecimento dos meninos e meninas em Londres.

 

 

 

Ao ser descoberto por Sofia, ele vê-se obrigado a levá-la consigo, para que não conte a ninguém sobre a sua existência. Mas este gigante não é como os restantes companheiros. É um gigante gentil e amigo que, contra todos, se recusa a comer "cereais humanos", nome que dá aos seres humanos.

 

 

 

Os dois irão tornar-se grandes amigos, e Sofia vai mostrar ao gigante que ele não pode deixar que os outros gigantes o maltratem, nem tão pouco ataquem as crianças. Para isso, elaboram um plano que envolve a rainha, um tetrapesadelo e um sonho a que apelidou de "Sonho da Sofia".

 

Um filme com muitas partes cómicas, no início quase precisamos de um tradutor para perceber linguagem de gigante, e com uma bonita mensagem.

Se puderem, vejam!

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 4 comentários

    Comentar post