Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Coisas que me irritam

Resultado de imagem para desenhos de irritada

 

Pais que só sabem criticar os seus filhos, como se não houvesse qualidade nenhuma a elogiar, e para quem os filhos fazem tudo mal.

 

Pais que passam a vida a elogiar os filhos por tudo e por nada, como se fossem melhores que os filhos dos outros, numa atitude clara de superioridade, como se se tratassem de filhos exemplares e perfeitos.

 

Pais que preferem elogiar e falar bem dos filhos dos outros, em detrimento dos seus próprios filhos, como se só os filhos dos outros tivessem qualidades dignas de destacar, ao contrário dos seus. 

Coisas que me deixam feliz

 

Ver a minha mãe pegar num livro, ao fim de vários anos sem tocar neles, e chegar ao fim de meia dúzia de horas com ele nas mãos e já ir a meio!

É certo que o livro é pequeno e de rápida leitura. É certo que ela tem uma motivação extra para o ler porque, afinal, é o livro da sua filha.

Mas, ainda assim, nunca esperei! 

Quem sabe o bichinho da leitura não volta a despertar dentro de si:)

 

Ver o meu pai surpreendido, porque não imaginava a quantidade de projectos em que a filha estava envolvida, nem tão pouco que andava a escrever livros.

E vê-lo feliz com as minhas conquistas, ao mesmo tempo que recorda e partilha as dificuldades por que passou quando editou o seu livro e o tentou distribuir pelo país fora, com uma sacola de livros às costas, a correr as livrarias, com uma sandes para matar a fome durante o dia, à boleia porque não havia dinheiro, cansado e desanimado porque todos lhe diziam que, como não era conhecido, não conseguiriam vender-lhe o livro, e a ter muitas vezes que tirar dinheiro do ordenado para pagar o investimento que tinha feito em vão. Depois disso, confessou-me agora, acabou por deitar fora o esboço de outro livro que estava a escrever.

Hoje existem outros meios, outras facilidades. Talvez hoje, o seu livro tivesse mais sucesso. Mas penso que tanto para ele, como para mim, o mais importante é termos gosto naquilo que fazemos, mesmo que sejam os familiares e amigos os únicos a apoiar!

 

 

Já vos aconteceu...

 

 

 

... ter mil coisas diferentes para fazer e não saber por que ponta começar?

 

... ter mil coisas para fazer, e só apetecer fazer tudo menos o que é suposto?

 

... quererem fazer tudo e não ter tempo para fazer nem sequer uma das coisas que planearam?

 

... num momento estarem aborrecidos porque não têm com que se entreter, e no seguinte não terem mãos para tanta coisa?

 

... quererem dedicar-se a vários projetos diferentes, pelo simples prazer que isso vos dá, e de repente estarem a ser "engolidos" por eles e correr o risco de passar a ser uma obrigação?

 

... desejarem que o dia tivesse o dobro das horas e, mesmo assim, achar que não chegava para tudo?

Coisas a fazer pelo menos uma vez na vida

 

Vi no outro dia um artigo que listava algumas coisas que todas as mulheres deveriam fazer pelo menos uma vez na vida. Todas relacionadas com estilo e beleza. Eram elas:

 

Encontrar o seu perfume

Quanto a mim, será algo difícil de concretizar já que sou muuuuuuuuuuito esquisita com perfumes e, quando finalmente, encontro aquele que será o "meu perfume", ele desaparece do mercado!

 

Usar franjinha

Já usei, quando andava na primária! Tinha, não só, a franjinha como o cabelo cortado "à tigela".

 

Ser maquilhada por um profissional

Acredito que o resultado final seja um belíssimo trabalho, e um descanso para quem não tem jeito nem paciência. Mas não me imagino com todos aqueles produtos na cara.

 

Fazer uma depilação com todo o luxo

Poderia ser, mas apenas se fosse uma depilação definitiva. Aí sim, seria uma vez na vida, e nunca mais!

 

5 - Pintar o cabelo de uma cor exótica

Talvez, se algum dia meter na cabeça que sou um pavão, um tigre ou um campo relvado, por exemplo!

 

A sério?! Serão mesmo estas coisas que não deveríamos perder a oportunidade de experimentar nesta vida?

 

Pois eu digo-vos o que, para mim, todas as mulheres e homens deveriam experimentar uma vez na vida:

 

1 - A mulher estar na pele do homem, e vice-versa, pelo menos por um dia

 

2 - Dar à luz

 

3 - Fazer aquela loucura saudável que acham que nunca teriam coragem de pôr em prática 

 

4 - Umas férias naquele que é o seu destino de sonho, ou a sua viagem de sonho, sem terem que se preocupar com os gastos

 

5 - O amor

 

6 - Trabalhar naquilo que mais gostam

 

7 - Ser solidários com quem mais precisa

 

8 - Elogios sinceros e merecidos, sem segundas intenções

 

9 - Poderem ser eles próprios, sem máscaras, sem receios, sem restrições

 

10 - A igualdade

 

Certamente haveriam muitas mais, mas fico-me por aqui!

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP