Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

The Voice Portugal - 5ª Prova Cega

Foto de The Voice Portugal.

 

As provas cegas estão a chegar ao fim, mas ainda vão reservando algumas surpresas, umas positivas, outras nem tanto.

 

 

As actuações que mais gostei foram estas:

O Paulo - rapaz de poucas falas, directo, mas grande artista em palco, pelo menos nesta actuação. Que continue assim, porque o que queremos é bons artistas, e que nos prendam pela forma como cantam, e não pela conversa.

 

A Margarida - independentemente de ser "querida" ou "fofinha", que não é isso que se está ali a avaliar, adorei o timbre dela e a forma como cantou. Se se adaptará a outros estilos, é o que veremos daqui em diante.

 

O Ricardo - das melhores actuações da noite, excelente escolha de música, e com um timbre espectacular.

Espero que vá longe e ainda nos surpreenda muito.

 

 

A revelação:

Já na edição anterior afirmei que, das três meninas, a Marta era a única que cantava. Naquele trio, ainda que com alguma sorte, acabou por ser prejudicada.

Voltou nesta edição, sozinha, e completamente diferente, tanto fisicamente, como em termos de postura e a nível vocal - muito melhor. 

Quero ver até onde conseguirá chegar nesta edição, agora com um mentor diferente, para reforçar ainda mais que esta é uma história diferente. 

 

 

As piores actuações da noite:

O nome não me é estranho, mas acho que nunca ouvi cantar a Célia Lawson na vida, apesar de até nos ter representado no Festival Eurovisão da Canção. Pode ter cantado bem noutros tempos, e até ter feito sucesso.

Nesta prova cega, mostrou-se uma das piores concorrentes da noite. E não digo isto por já estar farta de ouvir esta música, digo-o porque ela conseguiu "assassinar" a música. Não tendo o poder vocal que a música pedia, contornou essa questão, mas não da melhor forma.

 

 

O Cláudio - conseguiu estragar uma das minhas músicas preferidas dos Avicii. Gostei do timbre dele, tem ali qualquer coisa que marca, mas depois tudo o resto foi medíocre. Má escolha de música, talvez?

 

 

Quanto aos restantes, não percebo como é que viraram a cadeira para a Inês, e não viraram, por exemplo, para a Jessica ou, ainda mais, para a Taly.

A Raquel - tive dificuldade em perceber se aquilo é tudo garra.

O Pedro cantou muito bem o fado mas, irão colocá-lo a cantar sempre nesse registo, como fazem com os concorrentes de lírico? Ou vão colocá-lo à prova noutros registos? E será que ele nos vai surpreender?

O Ferr, cantor do mundo, não convenceu os mentores, ainda que os tenha posto a dançar. Já o Jorge, teve mais sorte, mas vai ter que mostrar muito mais. 

 

Imagens The Voice Portugal

The Voice Portugal - 4ª Prova Cega

Foto de The Voice Portugal.

 

Ontem foi dia de mais uma prova cega no The Voice Portugal, e estes são os concorrentes que mais me agradaram, embora nem todos tenham tido a mesma sorte no programa.

 

 

A Salomé que, infelizmente, não virou cadeiras, e era uma voz tão diferente numa música que lhe assentou como uma luva.

 

 

O Joaquim fez-me lembrar o Francisco Murta, da edição anterior. Até comentei com a minha filha: "se escolher a Aurea, é outro Murta para a equipa dela!".

 

 

A Laura, que só fez virar, ainda estou a tentar perceber porquê, uma cadeira.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O Ricardo, que fez uma excelente escolha musical

 

 

As actuações que não me convenceram:

Foto de The Voice Portugal.

A Vanessa - disse o Mickael que ela lhe faz lembrar a Deolinda. Pois eu até posso concordar, em termos físicos, mas ainda não houve ninguém que conseguisse igualar a Deolinda, nem a Vanessa.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O Fábio - não achei nada de especial a sua actuação e esta versão da música.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O Mauro - tendo em conta algumas vozes líricas que já passaram pelo programa, e outras que ouvi cantar este tema, não me pareceu que tenha feito algo de magnífico, escapando a parte final, que valeu por toda a actuação.

 

 

Houve ainda vozes que gostei, mas que não se destacaram muito e, talvez por isso, não tenham passado, como a Ana Catarina, a Beatriz e o André.

 

Por outro lado, fico a aguardar novas actuações da Jéssica e da Rosa!

 

Quem não gostei de todo:

A Juliana, que me pareceu cantar bem melhor no The Voice Kids, do que agora.

 

Foto de The Voice Portugal.

A Filipa, que gritou demais para os meus ouvidos!

 

Já agora, alguém no programa, ou fora dele, que diga ao Mickael que não é bonito de se ver ele estar sempre a carregar no botão com o pé.

The Voice Portugal - 3ª Prova Cega

Mais uma ronda de provas cegas, que levaram a Marisa, a Aurea e o Mickael a conquistar, até ao momento, 8 concorrentes para cada um deles. O Anselmo ainda tem muitos lugares vagos, estando com 5 concorrentes até agora.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

A concorrente da noite foi, para mim, a Cláudia Pascoal que, na música escolhida e em dueto com a Aurea, que escolheu para mentora, conseguiu sair-se melhor que esta!

 

 

Foto de The Voice Portugal.Foto de The Voice Portugal.Foto de The Voice Portugal.

Seguiram-se, na minha lista de preferidas da noite, a Telma, a Catalina e a Kátia.

 

 

 

Foto de The Voice Portugal.Foto de The Voice Portugal.

Nesta semana, houve também duas concorrentes que marcaram pela negativa e que, felizmente, não foram selecionadas - a Raquel, que começou bem, mas estragou tudo na parte lírica, e a Sandra, que só gritava.  

 

 

 

Foto de The Voice Portugal.

Aquele momento "Mas que raio...":

 

Será que se enganaram no programa? É que isto é o The Voice Portugal, não o Got Talent! Além de que não teve graça nenhuma, e não se percebe como é que viraram cadeiras.

 

 

Tive pena que não passasse a Arlete. 

Vamos ver como se saem o Frederico e o João nas próximas fases.

É impressão minha, ou esta edição está a ter, maioritariamente, concorrentes femininas? 

 

E, mais uma vez, é impressão minha, ou a Aurea está a coleccionar as melhores vozes desta edição? 

Se, por um lado, isso é bom, porque lhe aumenta as hipóteses de vitória, por outro, significa que, para uma delas ficar, a outra terá que ir embora, ou ser escolhida pela concorrência.

 

Isto promete...

 

 

Imagens The Voice Portugal

The Voice Portugal - 2ª Prova Cega

Foto de The Voice Portugal.

 

Num programa como este, embora cada concorrente encare a prova e lide com os nervos e a pressão de forma diferente, é cada vez menos aceitável a "desculpa" dos nervos, para justificar o facto de a prova não ter corrido tão bem, e alguns erros e desafinações.

Sim, acontece isso, mas acontece a todos. E aqui, safa-se quem conseguir disfarçar melhor, e ter melhor prestação. 

 

Também o factor cantar bem começa a ser, por si só, insuficiente para fazer virar cadeiras. O que sobressai são os timbres diferentes, uma forma muito própria de interpretar as músicas, a naturalidade, a diferença...São outras características que se aliam ao cantar bem, e que complementam.

Porque se apareceram 3 ou 4 concorrentes que apenas cantem bem, mas que soem iguais a tantos outros, sem nada que os diferencie, acabam por ficar pelo caminho.

 

Assim, para mim, nesta prova cega, o mérito vai para:

 

Foto de The Voice Portugal.

A Inês que, embora seja novinha, parece uma mulher já com os seus 30/ 40 anos a cantar (no bom sentido, claro)! Adoro a voz dela, e a prova foi uma das melhores da noite.

 

Foto de The Voice Portugal.

O Salvador: bela voz, à vontade em palco, a tocar e cantar.

 

 

Exagerado:

 

Foto de The Voice Portugal.

A Filipa entrou cheia de garra, e foi garra que mostrou do início ao fim. No entanto, pareceu-me exagerada em tudo: na expressão corporal, na gritaria e, sobretudo, na atitude de "pita" apaixonada pelo Mickael!

Espero que, nas próximas fases, se acalme e controle mais.

 

 

Negativo:

 

Foto de The Voice Portugal.

Não é que o Luís tenha cantado mal, mas foi o que ele disse no vídeo antes da actuação que achei desnecessário. Parecia quase que estava a tentar o "factor cunha", ao afirmar que o seu melhor amigo era o Miguel Cristovinho, dos D.A.M.A. Não lhe serviu de muito, porque ninguém virou a cadeira, embora se note a influência dessa banda, porque estava a ouvi-lo, e parecia estar a ouvir os D.A.M.A. Qualquer coisa, e ele pode substituir o amigo nos concertos! 

 

 

O momento por que todos esperavam, e que me fez sentir extraterrestre:

 

Foto de The Voice Portugal.

 

Ao longo de toda a semana fui lendo comentários sobre uma das concorrentes do The Voice Portugal, que já teve carreira na música, e que era uma grande voz, apontada até como possível vencedora desta edição - a Diana Lucas.

Ao que parece, a Diana já lançou 3 álbuns, já participou em musicais, e teve várias músicas suas em novelas, e na série Morangos com Açúcar. Antes disso, já tinha participado em programas musicais, ganhando alguns prémios.

Mas eu confesso que, para mim, a Diana continua a ser uma ilustre desconhecida!

E sim, cantou bem, em português e com sentimento, mas não me arrebatou, nem me fez considerá-la já uma possível vencedora (acho que isso só me aconteceu com a Deolinda).

Serei a única a ter-me sentido extraterrestre, e a contrariar a maioria das opiniões sobre esta concorrente?

 

Imagens The Voice Portugal

 

 

Estreou mais uma edição do The Voice Portugal

The Voice Portugal

 

Alguém por aí assistiu ontem à estreia do The Voice Portugal?

 

Apesar de pouca televisão ter visto este fim-de-semana, já que a oferta dos canais disponíveis no TDT não era nada de especial, esta era a estreia a que não poderia faltar!

Sim, já sabemos que os critérios dos mentores nem sempre são compreensíveis, e há as habituais injustiças, e também sabemos que estes programas funcionam um pouco como "ponto de encontro familiar", e puxam o público para o sentimentalismo. Nesta edição, a premissa continua.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

Os apresentadores e mentores mantêm-se, com todas as suas qualidades e defeitos, com as habituais picardias e momentos caricatos entre eles.

 

Quanto aos concorrentes desta primeira prova cega, aqui fica a minha opinião:

 

Foto de The Voice Portugal.

A primeira prova cega da noite foi, também, o primeiro "momento cortina" e, simultaneamente, o primeiro "momento família", com as irmãs a mostrarem os seus dotes vocais.

Não há dúvidas de que a Inês canta bem, mas o meu pensamento foi instantâneo "a Deolinda a cantar esta música dava-lhe 10 a 0".

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O Tiago tem música dentro dele, e isso sente-se por fora!

O único motivo que vejo para participar num programa deste género é tornar-se conhecido, porque pode cantar em qualquer lado, o seu género, com a maior naturalidade.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O André não virou cadeiras, mas animou toda a plateia.

É daqueles concorrentes que tem qualquer coisa de diferente, não suficiente para os mentores, mas que merecia uma oportunidade. Bastante natural e à vontade no palco.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

A Salomé fez-me gostar de um música que, na versão original, não gosto.

Poderia ter passado só por isso, mas ela tem grandes qualidades e pode chegar mais longe no programa.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O Afonso é também daqueles concorrentes que parece brincar com a música, sem grande espalhafato, mas com simplicidade.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

A Margarida foi uma das minhas preferidas, talvez pela música escolhida, que lhe assenta como uma luva no timbre que tem, e no próprio estilo e maneira de ser, e também pelo seu timbre diferente, que fica logo no ouvido.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

A Mónica não virou nenhuma cadeira, mas cantou de forma única a música dos Queen e, neste dueto com a Marisa, claramente preferi ouvir a concorrente!

Tem uma aparência e voz muito masculina. Quanto à primeira, partindo do princípio que não a tinham ainda visto, não seria certamente factor negativo. Quanto segunda, foi mesmo essa característica que a fez cantar daquela forma a música que parecvia feita para ela.

 

 

Foto de The Voice Portugal. 

A Ana Paula protagonizou o segundo "momento família da noite", ao ser surpreendida pela avó, que não via há um ano.

Quanto à sua voz, em canto lírico, é muito boa. Mas, à semelhança de outros concorrentes do género, não sei se terá sorte, caso avance nas etapas seguintes.

 

Nesta prova cega participaram ainda os amigos António e Alfredo, que não foram seleccionados, o Fábio, a Marlene, a Cristiana, e a Inês Paulo, que também não virou uma única cadeira,e prometeu regressar no próximo ano.

 

Imagens The Voice Portugal
  • Blogs Portugal

  • BP