Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A "estupidez" do ser humano

 

Será o ser humano “estúpido por natureza? Ou será algo que adquire ao longo da vida?

O que é certo é que, por vezes (muitas vezes), é mesmo estúpido! Principalmente no que respeita a relações, sobretudo relações amorosas.

Fala quando devia estar calado, cala-se quando devia falar…

Diz coisas que não sente, quando sente coisas que não diz…

Age (mal) quando devia estar quieto. Fica imóvel, quando o seu coração lhe ordena que lute…

Agarra-se aos mais perfeitos disparates (que para o ser humano são mais verdades incontestáveis) para justificar os seus actos de (pouca ou nenhuma) generosidade…

Toma decisões pelos dois, sem se importar com o que o outro pensa ou deseja…

Guarda os seus sentimentos, receios e preocupações para dentro, quando os devia pôr para fora…

Afasta quem mais ama, quando o que realmente queria era estar perto para sempre…

Complica demasiado aquilo que, afinal, é tão mais simples...

Se o faz intencionalmente? Penso que, a maioria das vezes, não. É algo que surge, e em que acredita piamente. A partir daí, sucede-se uma bola de neve de atitudes erradas que não consegue evitar. E não é, também, isso (os erros) que torna o ser humano, humano?  

  • Blogs Portugal

  • BP