Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

So close but, still, so far...

 

É assim que eu nos sinto ultimamente.

Num momento, um banho de confiança, esperança e, até, certeza, de que iremos ultrapassar todas as dificuldades que se apresentem na nossa relação, porque o amor que sentimos é forte e duradouro. Porque somos uma família, e uma família feliz que, apesar de não ter tudo o que desejaria, tenta viver com o que a vida lhes tem para dar, o melhor que pode.

Noutro momento, a leve sensação de que os meus maiores receios começam a tornar-se reais, e não meras paranoias sem sentido.

Num momento, vejo felicidade, compreensão, amor... Noutro, dúvidas, frustrações, infelicidade...E, se a minha vida (a que eu escolhi) não pode mudar, o mesmo não se pode dizer na da outra parte. 

Começo a ter maus presságios, a questionar a solidez desta relação, e a suspeitar que algo que eu temia está na iminência de acontecer...

Mas pode ser apenas uma ameaça remota ou sem fundamento, um fantasma que eu tenho que ignorar. Pensamentos que é melhor afastar para meu próprio bem, e da relação. Afinal, o que tiver que acontecer, acontecerá, e não vale a pena estar a sofrer por antecipação.

Mas, por vezes, é difícil... 

 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 2 comentários

    Comentar post