Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Para lá do gradeamento

 

Todas as manhãs vou levar a minha filha à escola. Todas as manhãs, dezenas de outros pais fazem o mesmo.

Mas, para lá da rotina já instalada e diariamente praticada, da correria, da confusão, do trânsito, outro hábito se criou.

Se, nos dias não escolares, a zona está deserta, nos dias de aulas, o gradeamento da escola fica totalmente ocupado pelos pais e mães.

Talvez pelo desejo de observar durante mais alguns instantes as suas crias, para se certificarem que estas ficam bem, que nada lhes acontece, que não fazem disparates, ou por qualquer outro motivo que só a eles diz respeito.

Também eu, logo depois de a minha filha passar o portão, fico a observá-la. E confesso que fico muito mais descansada se ela encontra as colegas da sala ou as amigas. Já aconteceu ela chegar lá, andar à procura das colegas, não encontrar ninguém, e não saber muito bem onde ficar ou o que fazer enquanto não aparecia ninguém.

Nessas alturas, fica mais complicado, para nós cá fora, qual visitantes do Zoo a observar os animais enjaulados lá dentro, pelo gradeamento (é assim que eu me sinto), sairmos dali para ir às nossas vidas, sem um aperto no coração.

E quantas vezes penso “quem me dera que, só hoje, ela não tivesse que vir para a escola, e eu para o trabalho, e tivéssemos o dia só para nós”!

Mas enfim, a vida é mesmo assim, e temos que deixá-los vivê-la, e aprender com ela.

E, afinal, eles provavelmente até estão bem, e nós é que nos preocupamos sem necessidade. Mas isso é um defeito de pais, muito difícil de corrigir! 

  • Blogs Portugal

  • BP