Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Que bela prenda!

Sinopse

"Eddie sonha com uma bicicleta há muito, muito tempo. Apesar de ter apenas doze anos, sabe que o sonho vai ser difícil de concretizar, pois a família debate-se com problemas financeiros desde que o pai morreu. Ainda assim, acredita que a sua mãe vai conseguir o milagre, e que na manhã mágica do dia 25, junto à modesta árvore de Natal, encontrará a tão desejada prenda… Em vez disso, depara-se com um pequeno embrulho. Lá dentro uma camisola, "uma estúpida e feia camisola tricotada à mão", que o rapaz enfurecido atira para um canto do quarto. 
Demasiado novo para perceber o valor simbólico da prenda que a mãe lhe tricotou com tanto amor, Eddie inicia uma dura caminhada para a idade adulta, que o levará a questionar tudo e todos. Até que, no mais profundo momento da sua revolta, conhece um enigmático vizinho, que aparece e desaparece sem deixar rasto. É um homem sábio, de idade indefinida, que ensina ao rapaz um segredo: na vida, há sempre uma segunda oportunidade, podemos sempre voltar atrás e desfazer todo o mal que fizemos. 
A Prenda de Natal é um romance mágico, uma história que ficará para sempre na nossa memória."

 

O ano passado, a minha filha pediu-me dinheiro para comprar 3 livros na Feira do livro da escola.

Um desses livros, disse ela, era para me oferecer no Natal. E assim o fez!

Ontem comecei a lê-lo, e adorei. Não é muito grande, é muito fácil de ler, e a história até agora foi comovente e com muitas lições a tirar.

Recomendo a todas as crianças e pais que o leiam, porque algumas das cenas descritas no livro acontecem muitas vezes connosco e com os nossos filhos.

A Prenda de Natal (literalmente) foi, sem dúvida, uma bela prenda que a minha filha me ofereceu!

  • Blogs Portugal

  • BP