Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Ligeiramente casados

 

Embalada pela leitura dos três primeiros livros da série Bridgerton, da Julia Quinn, e enquanto não estão disponíveis os próximos, andei a procurar romances de época para ler.

Um dos que me cativou foi este Ligeiramente Casados, de Mary Balogh. E, por coincidência, quando fui com a minha filha às compras no fim de semana, deparo-me com o livro à venda.

Por insistência da minha filha, embora ela estivesse mais inclinada para o Menina Rica, Menina Pobre (como se ela já tivesse vontade de ler livros de 400 páginas, ainda por cima com conteúdo nem sempre próprio para crianças), e com muita vontade minha, lá gastei os últimos trocos que tinha e levei-o para casa!

 

Sinopse
Como todos os Bedwyn, Aidan tem a reputação de ser arrogante. Mas este nobre orgulhoso tem também um coração leal e apaixonado - e é a sua lealdade que o leva a Ringwood Manor, onde pretende honrar o último pedido de um colega de armas. Aidan prometeu confortar e proteger a irmã do soldado falecido, mas nunca pensou deparar com uma mulher como Eve Morris. Ela é teimosa e ferozmente independente e não quer a sua proteção. O que, inesperadamente, desperta nele sentimentos há muito reprimidos. A sua oportunidade de os pôr em prática surge quando um parente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa. Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. A jovem concorda com o plano. E agora, enquanto toda a alta sociedade londrina observa a nova Lady Aidan Bedwyn, o inesperado acontece: com um toque mais ousado, um abraço mais escaldante, uma troca de olhares mais intensa, o "casamento de conveniência" de Aidan e Eve está prestes a transformar-se em algo ligeiramente diferente…
  • Blogs Portugal

  • BP