Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Sobre o livro "A Rapariga de Olhos Azuis"

 

Ela não é o que parece mas, nesta história, nada nem ninguém é o que parece!

Duas irmãs pequenas - Orla e Sinéad, uma vista como um anjo, e a outra como o demónio. Mas o "anjo" também erra e transforma-se no elo mais fraco, enquanto que o "diabo" assume o comando da vida das duas e luta com todas as forças para salvar a irmã, e a si própria.

Sinéad sempre foi considerada pelo avô uma criança problemática que já não tinha salvação. A morte da sua mulher, num incêncio provocado pela neta, foi a gota de água. Ele nunca a perdoou, o que levou a que a sua filha saísse de casa com as duas meninas, para nunca mais voltar.

Muitos anos se passaram desde então. Chegou o momento da vingança - vingança por tudo o que passaram, por tudo o que deixaram de ter, por tudo o que sofreram...

 

Anya também não é a mulher bondosa que é pelo facto de ter nascido em berço de ouro. Pelo contrário, o seu passado é bem sombrio e marcado por muito sofrimento. Mas está na hora de lutar pela sua felicidade. E, para isso, vai ter que enxotar de vez os "Coelhos Brancos" da sua vida, e despir o papel de Alice. Afinal, não mais precisará refugiar-se num mundo imaginário.

 

Um livro que retrata histórias de mulheres que tiveram tudo, e ficaram sem nada. Mulheres que nunca tiveram nada, e podem vir a ter tudo. Mulheres para quem a vida foi madrasta, mas que ainda vão a tempo de se sentir amadas e de bem com a vida. Mulheres inocentes, mulheres intriguistas, mulheres sábias, mulheres sonhadoras...

 

Mas é também um livro de homens!

Mcdara - o avô que achava que sabia tudo mas que, afinal, não sabia nada! Pior que a cegueira física, é a cegueira que não nos deixa ver aquilo que está para além dos nossos olhos. E assim se perde uma vida inteira...

 

Liam - o veterinário canalha que quer levar qualquer uma para a sua cama por diversão, que trai a mulher por passatempo, que se mete em negócios duvidosos e acaba condenado por tentativa de homicídio.

 

Fergal - o neto adoptado de Mcdara, futuro herdeiro da propriedade Lismore e dos cavalos de corrida do avô, por quem Anya se apaixonará. Também ele ama Anya mas desde que ela chegou a Lismore, foi avisado por Mcdara que a devia ver como irmã, e nada mais. Ao longo da história, vai-se revelar companheiro, amigo, compreensivo, divertido, um homem muito difícil de encontrar. Vai ser injustamente acusado de determinadas atitudes.

 

JC - aliado da neta de Mcdara nos seus planos de vingança, vai ver a sua vida desmoronar-se quando ela perceber que está apenas a ser usada para benefício dele, que o amor dele é uma farsa e que o sonho da infância nunca se irá concretizar. Restar-lhe-á o companheiro Javier...

 

Para o final está reservado um casamento, duas mortes, uma revelação e um novo recomeço, uma nova chance para algumas das personagens, e uma grande lição de vida! 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP