Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

3 momentos do último fim de semana

 

Almoço em Peniche, seguido de uma ida até ao Baleal.

Sim, uma bela pizza, que saiu muito mais barata e, além disso, não somos fãs de peixe!

A hora do almoço já ia tardia, e este restaurante italiano estava praticamente vazio, ao contrários dos outros, que rebentavam pelas costuras (e ainda dizem que estamos em crise). Fomos muito bem servidos, bem atendidos pelos funcionários e não saiu caro.

 

 

 

 

Seguiu-se uma visita à Foz do Arelho, já com a digestão feita e onde tomámos o primeiro banho do dia!

Não dava era para nadar, porque a corrente estava muito forte.

 

 

 

E, antes do regresso a casa, "atracámos" em S. Martinho do Porto!

 

 

Tomar ou não banho na escola...

 

...heis a questão!

 

O professor de educação física não impôs, mas aconselhou a fazê-lo.

E, de facto, as suas razões são válidas.

Ao tomar banho na escola, está a poupar água em casa (é uma forma de aprenderem desde cedo a poupar).

Evitam constipações, porque não saem suados do ginásio para a rua.

Habituam-se a despir e vestir à frente dos colegas, sem complexos nem vergonha, o que mais tarde pode vir a ser útil.

E há ainda a questão da higiene, uma vez que, ao não tomarem banho, vão suados e com mau cheiro para as aulas seguintes.

Concordo com tudo isto.

 

Mas...há sempre um mas!

 

O intervalo que têm para despir, tomar banho, vestir e ir para a sala da próxima aula é de 10 minutos. Pode até ser uma forma de se habituarem a despachar rapidamente, mas nem eu, com a minha maior rapidez, conseguiria fazê-lo em tão pouco tempo.

A não ser que, como o professor disse, seja só passar o corpo por água, sem molhar o cabelo. Mesmo assim, duvido. E, a assim ser, teriam que tomar um banho em condições em casa, pelo que em vez de poupar, estariam a gastar duplamente.

Esse intervalo pode ser maior, se o professor entender deixá-los sair mais cedo, mas não há garantias.

E, por último, além da mochila com todo o material que é necessário para as outras aulas, e do saco de desporto com o equipamento para a aula de educação física, teriam que acrescentar toalha, chinelos, gel de banho e roupa interior para trocar.

Por tudo isto, e apesar de ter comprado tudo para o efeito, achei melhor a minha filha este ano não se aventurar nos banhos no ginásio.

Na tropa mandam desenrascar, e é isso que ela vai fazer. Num dos dias é a última aula da tarde, por isso vai para casa e toma banho em casa. No outro, só tem uma hora de educação física, por isso não acredito que o professor a deixe sair cedo, e com tão pouco tempo, já me dou por feliz se conseguir trocar de roupa. E até nisso vamos ser práticas. Sempre que o tempo o permitir, vai já com o equipamento vestido (ou pelo menos parte dele) e assim só tem que se calçar.

 

 

Violetta Live em Portugal!

Violetta Live

 

E agora? O que é eu faço?

Compro ou não compro? Vamos ou não vamos?

É que não posso demorar muito tempo a decidir, porque os bilhetes estão a esgotar a alta velocidade!

Estamos e Setembro, o concerto é daqui a 4 meses, os bilhetes foram postos à venda há pouco mais de uma semana e já há poucos lugares disponíveis. E os que há, são caros! Pelo menos para a minha carteira.

A questão é: em tempos de crise, não será um desperdício gastar tanto dinheiro para ver a Violetta ao vivo? Se fosse para mim, seria. Preferia ver o Cirque du Soleil e, ainda assim, já cá vieram tantas vezes e nunca fui ver.

Mas é o sonho da minha filha! E ela ia ficar tão feliz com a surpresa!

 

Ai, ai, ai, Marta, decide rápido que daqui a pouco, quando quiseres, já não tens!

 

Coerência

 

Um dia, no supermercado, comprei este livro para a minha filha.

Há já algum tempo que ela andava a pedir para lhe comprar um livro da colecção Uma Aventura e calhou este. É o único que tem.

Agora, vários meses depois, ao querer comprar-lhe um livro no único sítio onde podia ir em horário de expediente - os Correios, adivinhem que livro lhe comprei: Uma Aventura na Casa da Lagoa!

Tinham lá vários desta colecção, estive com um na mão para trazer - Uma Aventura na Cidade - mas, no último momento, acabei por deixá-lo e pegar no outro, porque achei que ela ia gostar mais. 

Pelo menos não me podem acusar de não ser coerente! O meu pensamento é sempre o mesmo: comprei o que acho que ela mais gosta. Só que desta vez o resultado não foi o melhor, já que ficou com dois livros iguais, e sem livro novo para ler!

Lá terei que trocá-lo e ir buscar a primeira opção. 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP