Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Pequenos Gigantes com grandes talentos!

 

E muita polémica também!

Ao que parece, e depois de ter sido anunciado, talvez por se tratar de crianças e pelo horário tardio, que as galas seriam gravadas e não em directo. Segundo dizem, as gravações chegaram mesmo a ser feitas e tudo estaria a postos para a estreia, em Setembro.

Mas a verdade é que o programa estreou ainda em Agosto, e com galas em directo, com outras crianças que não as que gravaram anteriormente, revoltando tanto as ditas crianças que foram deixadas para segundo plano, que é como quem diz, para uma possível próxima edição (se a houver), como os respectivos pais, que acusam a produção de não pensar nos mais novos, nem os respeitar.

Apesar de tudo isto, e polémicas à parte, a verdade é que alguns destes pequenos gigantes possuem mesmo um grande talento, e atrevo-me a dizer que 2 ou 3 deles dão "baile" a muitos adultos, tanto no canto, como na dança!

O que é pena é que nem sempre estes talentos sejam aproveitados e explorados (no bom sentido), acabando por cair no esquecimento passada a "época alta" do programa. 

É certo que são apenas crianças, mas com a formação adequada, a oportunidade certa e o investimento no seu dom, dariam, certamente, mais tarde, grandes artistas de qualidade que tanta falta fazem, em detrimento daqueles cujo talento falta, mas têm a sorte de vender música para as massas.

Sobre o programa em si, tenho a dizer que não percebo qual o critério usado para algumas das pontuações atribuídas pelos jurados, já que vi crianças com óptimas actuações levarem menos pontuação que outras que não se destacaram tanto. Mas o ditado é bem antigo "mais vale cair em graça, que ser engraçado". Ainda assim, de uma forma geral, a escolha dos concorrentes tem sido justa.

No entanto, na minha opinião, tanto os pais como as crianças que concorrem a este tipo de programa, devem estar psicologicamente preparados para o tipo de formato do programa, para as regras, para saberem ouvir as críticas, e aprenderem a lidar com o "não". Penso que deve vir, também dos pais, o incentivo para os filhos seguirem o seu sonho mas, ao mesmo tempo, a desdramatização quando não são escolhidos, fazendo-os compreender que isto é apenas um programa de televisão que não determina, necessariamente, o fim do sonho, nem tão pouco, a falta de talento para aquilo que gostam.

Quanto menos peso e responsabilidade sentirem em cima dos ombros, melhor correrão as coisas, e melhor saberão acatar as escolhas, sem pressão nem drama. Não é muito saudável ver ali crianças a chorar, só porque não foram escolhidas. Ou a querer desesperadamente ir ter com a mãe ou o pai. 

Em relação à apresentação, não sei se me agrada muito a Fátima Lopes como apresentadora deste tipo de programa. Por um lado, ela é muito "querida" para as crianças e tenta colocar-se ao mesmo nível que eles mas, por outro lado, há ali qualquer coisa que ainda não me convenceu totalmente. Tal como não me agrada muito a Rita Pereira como jurada.

Já com as saídas do David Carreira, fartei-me de rir! E gostei muito da forma como ele comentou cada actuação. Aqui por casa até lhe mudámos o nome para David 8 e meio, pelo facto de ser quase sempre essa a pontuação dada por ele! 

Por último, é de realçar o facto de o Manuel Luís Goucha ter explicado aos mais pequenos as respostas correctas do desafio dos mini talentos, porque é importante que as crianças, não só percebam se acertaram ou erraram, mas aprendam coisas novas e adquiram conhecimento.

 

 

Parece-me que já muita gente foi enganada!

28-8festivalsolidariaomafra

 

E que, tal como eu, já deve estar arrependida de ter comprado os bilhetes.

É que isto mais parece brincadeira de crianças, e não um espectáculo organizado por pessoas responsáveis e profissionais.

Ainda em Julho ouvi anunciar na televisão a tour do Anselmo Ralph "Única Mulher", em que uma das datas era precisamente aqui em Mafra.

Mais tarde, vi que o mesmo se ia realizar no Parque Desportivo e perguntámos se a venda dos bilhetes seria lá, ao que nos responderam que tinham ordens para encaminhar a compra dos bilhetes para o Ticketline. 

Perguntámos também em que sítio do Parque é que seria o concerto mas o funcionário apenas disse que achava que era depois das piscinas, e que a entrada seria pelo portão das escolas, e não pela entrada principal do Parque.

Várias vezes fui ao site, mas ainda estava a decidir se valeria a pena ou não, e se poderia gastar esse dinheiro. Quando, finalmente, me resolvo, o concerto do dia 13 às 21 horas desapareceu. Pensava eu que os bilhetes já tinham esgotado mas, afinal, apenas foi substituído o concerto do Anselmo Ralph por um espectáculo solidário de dois dias, havendo então, no segundo dia, a actuação de algumas bandas, entre as quais os Pólo Norte e Miguel Gameiro, e o cantor Anselmo Ralph, às 15 horas.

Compro os bilhetes no Ticketline, com taxa e portes de envio acrescidos, e depois vejo vários locais com bilhetes à venda! Vou pesquisar e, de facto, os bilhetes podem ser comprados em várias papelarias e até no próprio Parque, no dia do espectáculo!

Como se tudo isso não bastasse, vejo cartazes colados em vários locais, com o programa actual e, ao mesmo tempo, outros cartazes com o concerto no dia e hora primeiramente anunciados. E descubro que, afinal, o Miguel Gameiro e os Pólo Norte já não vão actuar! De acordo com um comunicado do Miguel Gameiro

"As razões do cancelamento, devem-se única e exclusivamente à forma como o concerto foi inicialmente divulgado, sem qualquer menção ao seu real propósito: Solidariedade. No entanto, estamos já a preparar uma nova data, para aí sim, realizarmos um concerto 100% solidário a favor do músico e amigo Rudolfo Pinto."

 

E agora, já gastei dinheiro, já tenho os bilhetes, e sinto-me enganada. Resta-me mesmo esperar que o espectáculo do Anselmo Ralph valha a pena, e que mais ninguém desista de actuar até ao dia 13!

 

  • Blogs Portugal

  • BP