Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

O profissional e o bom profissional II

O profissional:

- acompanha a utente e diz-lhe o que tem que fazer para medir a tensão

- informa a utente que a sua tensão está um pouco descontrolada, que não é nada perigoso mas que, de qualquer forma, deve consultar o médico

- vai confirmar com a colega a informação

 

O bom profissional:

- acompanha a utente e mede-lhe a tensão

- antes, porém, pergunta-lhe se nos últimos dias tem tomado alguma medicação

- explica-lhe que, apesar de naquele momento a pressão arterial se encontrar já com valores normais, os sintomas descritos podem perfeitamente ser do efeito da medicação que, apesar de já não ser tomada, ainda se encontra presente no sangue

 

E assim chego à conclusão que a causa de todos os meus males foram os malditos comprimidos que aquela médica (que por sinal foi a que andou a empatar a minha tia, que acabou por falecer de cancro) me receitou!

Chego à conclusão que, se mais alguma vez tiver o azar de ser atendida por essa médica, nunca mais compro nada do que ela me receitar!

E, para que não aconteça a mais ninguém aquilo que se passou comigo, aconselho-vos a todos a lerem os efeitos indesejáveis constantes da bula dos medicamentos, nomeadamente, do FLEXIBAN!

Ora vejam:

Efeitos Colaterais Mais Frequentes - sonolência, secura de boca, tonturas - confere

Efeitos Colaterais Menos Frequentes - entre outros, arritmias, insónia, depressão, ansiedade, dor gastrointestinal, sede, obstipação, dor abdominal, poliaquiúrias, sabor desagradável, visão turva, mal estar, fraqueza/fadiga - confere

Posto isto, prefiro aguentar as dores do que ficar ainda mais doente do que estava!

Uma mão cheia de talentos!

A esta altura, na terceira gala do programa Pequenos Gigantes, já começo a ter os meus preferidos:

 

Este rapaz vai longe ou, pelo menos, assim espero!

O Daniel, além do dom que tem para a música parece ser, como a Fátima Lopes frisou, humilde e educado.

Adorei ouvi-lo cantar ontem o tema Skyfall, da Adele!

 

Guilherme e Matilde são uma dupla de peso que está a dar cartas na dança!

Há que ter atenção a estes jovens dançarinos que, além do talento, revelam total sintonia e cumplicidade, na hora de mostrar o que valem! 

 

A Diana e o Sandro formam também uma dupla na dança que, todas as semanas, mostram, apesar da sua tenra idade, um grande profissionalismo e entrega em cada uma das suas actuações.

 

Destaco ainda a Laura, que tem recebido algumas pontuações injustas, não apenas pelo seu talento, mas também pela personalidade da menina! Acho-a tão querida! E fartei-me de rir com a pergunta que ela fez ontem ao Nélson Évora!

 

Imagens retiradas do facebook Pequenos Gigantes

Porque detesto o mês de Setembro

 

Já li vários textos, em alguns blogs que sigo, que falam de Setembro como um dos meses preferidos dos seus autores.

Pois a minha opinião é, precisamente, a contrária. 

Acho que Setembro é um dos piores meses do ano, pelo menos para mim.

Setembro é sinónimo de fim do verão, fim de férias, fim de praia, fim de dias longos, de regresso ao trabalho durante mais um ano, e da típica depressão pós férias.

Setembro é sinónimo de stress associado a mais um início de ano escolar, e tudo o que isso implica - horários, correrias, menos tempo de qualidade com a minha filha, pouca diversão e muito estudo e trabalho pela frente.

Estamos em contagem decrescente para esse dia, e o meu stress em contagem crescente!

Pior ainda que um dia de Setembro, só mesmo esse dia ser uma segunda-feira. E, pior ainda, ser uma manhã de segunda feira de Setembro! 

  • Blogs Portugal

  • BP