Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Bastille - Good Grief

 

O vídeo do single de avanço do segundo álbum da banda inglesa, “Wild World", já está disponível. Inspirado em temáticas dos filme “Inland Empire” e nos sonhos psicóticos da personagem Sara Goldfarb de “Requiem For a Dream”, o novo vídeo de Bastille é uma verdadeira viagem pelo bizarro, mas sem nunca perder o humor.

 

“Estávamos muito entusiasmados por trabalhar com NYSU (Wild Beasts, New Order, Philip Selway) no vídeo, que foi filmado durante cerca de 6 dias em Madrid. É um misto de cenários e narrativas surrealistas que se cruzam e colidem. Queríamos fazer algo divertido, caótico, mas que resultasse como um complemento estranhamente perfeito ao tema.”, explica Dan Smith.

 

 

 

O single tem dado cartas no Reino Unido. Na passada quinta-feira, “Good Grief” foi Hottest Record no programa de Annie Mac na Radio 1, tendo sido ainda a faixa do dia na mesma rádio, no dia seguinte. Desde aí que a canção tem subido nos tops do iTunes ao alcançar a 10ª posição e está agora nos lugares cimeiros do Shazam.

O tão aguardado “Wild World”, sucessor do aclamado disco de estreia “Bad Blood”, mantem a riqueza das letras, mas é um passo em frente na maturidade e som da banda. O álbum é sobre “tentar entender o mundo, tanto como é visto através dos nossos olhos, como através do que nos é apresentado pelos media. É também sobre ter a capacidade de questionar o que se passa à nossa volta., acrescenta o vocalista.

Como forma de anunciar o lançamento deste registo, os Bastille publicaram um trailer cinematográfico na sua página no Facebook. O vídeo chegou às 500.000 visualizações em apenas 48 horas e de momento, já se registam 1.2 milhões.

 

RX - Belarmino

Belarmino_Foto2.jpg
 
Já aqui esteve como convidado, na rubrica À Conversa Com, por ocasião do lançamento do seu single Diva.
 
 

Guetto Zouk EP_Album Artwork1500x1500.jpg

 

Agora, depois do lançamento do seu EP Guetto Zouk nas plataformas digitais, na passada sexta-feira, Belarmino regressa novamente a este cantinho, para se submeter a si, e ao seu EP, ao já vosso conhecido RX!
Louco Maluco é um dos singles deste álbum, com colaboração de LG Afro. Para saberem mais, confiram tudo aqui:

 

 

 

 

Guetto Zouk -  Trata-se de uma um estilo que aos poucos vai se autonomizando mas na sua base está a fusão entre o kizomba angolano, o zouk cabo verdiano e fragmentos do R&B e Hip-Hop. Emergiu nos anos 2000 com o grupo cabo-verdiano Os Quatro.

 

LG Afro - Leonel Grinaldo, meu puto, meu tropa, alguém que aceitou o meu convite de partir para uma aventura em estilos musicais que ele sempre achou não ser capaz de fazer. Um louco maluco que promove a pura drena, uma pessoa a quem desejo tudo de bom nesta caminhada que não é fácil mas que, com persistência e trabalho rompem-se barreiras.

 

Singles - Um, editado pela Farol, e outros que não chegaram a ser editados mas que ajudaram-me a dar alguns passos, através dos quais conheci uma pessoa especial que tem impulsionado a criação de uma estrutura na minha vida artística.

 

Influências - Tenho influências familiares muito fortes, mãe, pai e irmã. Mas estilo Hip-Hop acabou por ser a maior influência, isto porque vivi não só o estilo mas a cultura em si e foram alguns dos grandes nomes do Hip-Hop e do Rap que me serviram também de influência.

 

Escrita - Uma paixão! adoro a liberdade de escrever, sinto-me bastaste feliz só por ter a liberdade de poder fazê-lo sem entraves.

  

Ritmo - Até a nossa vida é comandada por ritmos, o próprio batimento do nosso coração é um ritmo, sendo um elemento essencial da música e a música faz parte da vida de qualquer ser humano, independentemente do estado em que nos encontramos e das circunstancias, o ritmo é vida.

  

Versatilidade - Venho de um país onde as pessoas ouvem e dançam tudo, desde que mereça créditos pra tal. Manterei uma base e respeitando sempre as minhas limitações, porém, tenho também de valorizar tudo o que fez e faz parte de mim em termos de vivênciaS, daí a versatilidade. Hoje em dia, entendo eu, existem mais razões para se ser versátil afinal de contas estamos num mundo onde ouvimos a mesma música ao mesmo tempo, se não ouvimos porque gostamos ouvimos pela força da promoção aliada aos meios de difusão massiva.

 

Actuações - Estávamos a espera da divulgação do EP para começarmos a levar o trabalho ao público, já temos datas marcadas posso já adiantar a do dia 31 de julho, estarei no festival urbano de Viseu com os HMB.

 

Fãs - Acho ser uma palavra muito pesada, não sei se tenho mesmo fãs, os poucos que já apareceram a dizer que eram meus fãs eu agradeci mas lembrei que podiam simplesmente considerar-me um amigo e agradeço ainda pelo facto de gostarem do meu trabalho.

 

Desejo - Desejo sempre saúde e felicidade para mim, para os que acompanham as minhas cenas e para todo o ser humano!

 

Muito obrigada, Belarmino! 

 

Nota: Este RX teve o apoio da editora Farol Música, a qual cedeu também as imagens.

 

  • Blogs Portugal

  • BP