Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Como enervar a pessoa mais paciente do mundo!

 

Resultado de imagem para desenhos de mulher irritada

Diga-se de passagem que paciência é algo que tenho cada vez menos mas, ainda assim, por certo ainda guardo alguma dentro de mim. Só isso explica o facto de eu ter passado meia hora numa papelaria, a ser atendida, sem nunca mostrar maus modos, fazer cara de má ou chamar à atenção da pessoa que me estava a atender (que por acaso até era a proprietária) para ver se conversava menos, dispersava menos, e prestava atenção ao que eu lhe pedia. 

 

 

Resultado de imagem para lentidão

Primeiro tive que esperar pela minha vez, claro!

Quando chega, cumprimento-a e pergunto pela filha, ao que ela retribui, mas pede licença para atender o telefone. Volta, ainda ao telefone, para confirmar uma encomenda.

Desliga então, e pergunta-me o que quero. Peço-lhe a primeira coisa da lista, mas não prestou atenção porque estava com o sentido nem sei onde. 

Tive que repetir os materiais várias vezes, fui interrompida várias vezes porque a senhora ia, ao mesmo tempo, falando com o marido de outras coisas, e recebendo o pagamento de outras.

A meio da lista, resolveu ir registando os produtos em cima da bancada para colocar num saco.

Mais um bocadinho de conversa sobre uma lista de preços, e os lápis de cera não sei do quê, e os lápis não sei do que mais, e a marca tal e por aí fora. Enquanto um outro senhor foi buscar algumas coisas que eu pedi, ela foi procurar um livro para uma outra rapariga.

Quando, finalmente, me despachei, nem quis acreditar!

Acreditem que tive mesmo muita vontade de reclamar. E todos os anos é assim! Se formos atendidos pelo marido, despacha-nos num ápice. Até a filha se desembaraça mais rápido. Mas com ela...

O mais engraçado é que tem a papelaria há anos. Já devia ter prática. Mas é sempre a mesma coisa. 

Sim, podia ir a outra papelaria. Mas aquela é a nossa referência aqui na zona, porque tem tudo o que é preciso para as exigências dos professores, e fica mesmo ali ao pé das escolas.

 

 

Resultado de imagem para pessoa lenta

Valeu-nos o facto de não estar a fila enorme que dá a volta à rua, mas mesmo assim, quando precisarmos de lá ir, é melhor mesmo esquecer a pressa,e munirmo-nos de umas doses de paciência extra!

 

Não é pré-pagamento, mas quase!

Resultado de imagem para pagamento

 

Alguns meses depois de nos andarmos a servir apenas da torneira da água fria, chegou finalmente o dia de o canalizador ir lá montar a nova, até porque daqui a pouco começa a saber bem água mais quentinha.

O meu marido estava em casa à espera e nada de o homem aparecer. Ligo para ele, não me atende. Espero uns minutos e ligo outra vez. Desta vez atende e diz que, dali a cinco minutos, chega lá. Aviso o meu marido e fico mais descansada.

Uns minutos depois, o meu marido manda-me mensagem a dizer "35 euros".

Pergunto-lhe, também por mensagem, "Já montou?", admirada por ainda há pouco estar a chegar e já ter tudo despachado.

O meu marido responde: "não, está a montar agora".

E eu fiquei a pensar se agora, neste tipo de trabalho, também se utiliza o pré-pagamento, ou se teria sido o meu marido a perguntar-lhe.

Mais tarde, depois do homem ter ido embora, as minhas dúvidas foram esclarecidas. Ao que parece, mal o homem entrou na casa-de-banho e olhou para o serviço, disse logo quanto teríamos que pagar! Estaria ele com medo que não tivéssemos dinheiro?

 

À Conversa com Benjamim

 

 

O convidado de hoje regressou a Portugal no verão de 2013, após quatro anos a viver em Londres, onde todos o conheciam por Walter.

Instalou-se, desde então, no Alentejo, onde começou a escrever novas canções, que originaram o novo álbum deste artista, agora Benjamim, intitulado Auto Rádio.

Inspirado em nomes como Duo Ouro Negro, Zeca Afonso ou Chico Buarque, bem como Bob Dylan ou Beatles, este primeiro disco do Benjamim é, nas suas palavras, "um disco feito para que as pessoas o consigam compreender".

Foi assim a conversa com o Benjamim, a quem desde já agradeço pela disponibilidade!

 

 

 

 

 

Quem é o Benjamim?

Sou eu depois de abandonar o meu alter-ego Walter Benjamin para passar a escrever em português.

 

O Benjamim, na altura Walter, viveu cerca de quatro anos em Londres. O que o trouxe de volta a Portugal, no verão de 2013?

Principalmente a vontade de escrever canções em português, fazer um disco e dar concertos com os meus amigos. E a comida, quem é que aguenta mais de quatro anos a comer aquelas coisas?

 

Foi nesse momento que começou a dar vida às músicas que viriam a fazer parte do novo álbum?

Precisamente.

 

Do que falam essas músicas?

Falam de várias coisas, depende da canção. Algumas falam de histórias alheias, outras são confissões minhas e outras poderão falar de política.

 

 

 

Resultado de imagem para benjamim auto radio 

 

O Luís tornou-se Walter, e agora passou a Benjamim. O que o leva a adotar um nome diferente para casa fase da sua carreira?

Não era prático cantar em português e ter um nome em inglês. Precisava de nome que assentasse na minha nova realidade. E precisava de marcar um corte claro com o que tinha feito antes.

 

Quais são as suas principais referências a nível musical?

Eu ouço tudo. Desde Beethoven até aos Ramones. Eu cito sempre os Beach Boys e os Beatles mas tudo o que ouço acaba por me influenciar, não vivo obcecado com uma única referência.

 

 

 

Resultado de imagem para benjamim auto radio 

 

Auto Rádio é o primeiro álbum do Benjamim. Quais são as expectativas relativamente ao mesmo?

A minha única expectativa era conseguir acabar o disco e não me sentir ridículo. Pelo menos superei as minhas expectativas!

 

Um dos temas do Benjamim, “Os teus passos”, faz parte da banda sonora da telenovela Rainha das Flores. Como é que surgiu essa colaboração?

Através de agentes secretos que trabalham para mim! Quem não colabora...

 

Onde vamos poder ouvir o Benjamim nos próximos meses?

Por todo o lado, espero!

 

Muito obrigada e votos de muito sucesso!

  • Blogs Portugal

  • BP