Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A Tua Cara Não Me É Estranha - 4ª gala

Alguns merecidos, e outros nem tanto, parece-me que os pontos atribuídos aos concorrentes pelos jurados estão a ficar um bocadinho viciados.

Ainda assim, a vitória do Sérgio Rossi na gala de sábado foi mais que merecida!

 

 

Resultado de imagem para maria sampaio sia

Mas vamos lá começar pela primeira actuação, do David Antunes, como Agir. Parece-me que ele até se pode divertir muito no programa a imitar outros artistas, parta além de ganhar uma maior visibilidade mas, até agora, não lhe têm calhado imitações que dêem para avaliar ou passar para este lado o talento que tem. Se na passada semana conquistou a vitória, com os Bon Jovi, desta feita conseguiu uma imitação razoável.

 

 

Resultado de imagem para maria sampaio sia

Seguiu-se o Darko, como Cristina Aguilera. Sim, esteve muito melhor na semana anterior, como R. Kelly. Esta semana parecia, mais uma vez, uma matrafona. E ele que me perdoe, porque até pode ser um excelente cantor, mas não consigo simpatizar com ele. Gostava do Zé Manel, dos Fingertips. Não gosto do Darko, em que ele se transformou. E não gostei da imitação, mesmo a dançar de saltos altos em cima de uma mesa.

 

 

Resultado de imagem para maria sampaio sia

Passamos à Maria Sampaio, como Sia. E à bailarina que a acompanhou e que, para mim, foi a maior imitação da gala! Parecia mesmo a bailarina que vemos nos vídeos da Sia. Na primeira parte, parece-me que a Maria exagerou e não correu muito bem. Na parte do refrão, melhorou e esteve mais parecida.

 

 

Resultado de imagem para sérgio rossi fernando tordo

Chegamos ao quarto concorrente, Sérgio Rossi, com a imitação de Fernando Tordo. Não é uma música que goste, nem tão pouco um cantor que aprecie. Também nunca fui muito à bola com o Sérgio Rossi, confesso. Talvez pelo estilo de música que canta. Já veio uma vez actuar aqui em Mafra, assisti à sua actuação e achei fraquinha, embora as miúdas estivessem histéricas, e soubessem de cor a letra das músicas!

Estou a gostar mais dele neste programa, e da sua forma de estar e humildade que demonstra, para além de mostrar que até tem uma boa voz e, com os temas certos, poderia chegar mais longe. Parece-me que tem sido alvo de alguma discriminação por parte do programa, mas este sábado fez-se justiça. Depois de uma gala em que não conseguiu vencer como Mariza, de outra em não conseguiu como Michael Bolton, e de uma imitação que só o prejudicou, como Justin Bieber, Sérgio Rossi teve, finalmente, a sua vitória.

 

 

Resultado de imagem para carolina torres ana malhoa

E chegou o momento das Anas Malhoas a triplicar!

Não gosto da verdadeira. Pode cantar muito bem, ter muita energia,ser inovadora com o seu estilo latino, mas não gosto dela.

 

 

Resultado de imagem para carolina torres ana malhoa

Achei a Carolina Torres, fisicamente, muito parecida com a original. Na voz também.

 

 

 

Resultado de imagem para melânia gomes ana malhoa

Faltou-lhe mais energia, trazida pela Melânia Gomes. Esta já não estava tão semelhante. E todos sabemos que não é cantora. A voz é sempre a sua inimiga.

 

 

Resultado de imagem para marta andrino maroon 5

À Marta Andrino coube a tarefa de imitar Adam Levigne e os Maroon 5, numa imitação que, ao contrário das anteriores, deixou muito a desejar, tanto fisicamente como vocalmente.

 

 

Resultado de imagem para sérgio rossi fernando tordo

Finalmente, o Jorge Mourato, a imitar Metallica. Foi, para mim, a segunda melhor actuação da noite. E, atrevo-me a dizer, das melhores que já fez no programa. Infelizmente, parece que está destinado a ficar sempre com pontuação baixa.

 

 

Imagens TVI Player e SAPO Mag

 

The Voice Portugal - primeira ronda dos Tira-Teimas

 

Uma nova fase iniciou ontem neste programa, e com ela mais algumas decisões que não se adivinhavam fáceis. Chegou a primeira ronda dos Tira-Teimas.

 

 

 

Os mentores:

Gostei das várias mudanças de look em cada uma das etapas do The Voice, e admiro a irreverência dos mentores mas confesso que, à excepção do Mickael, preferia o look com que se que apresentaram nas batalhas.

 

 

Os passaportes directos para as galas:

Nesta atribuição, só acertei na escolha da Aurea. As restantes foram uma total surpresa!

 

 

Equipa do Anselmo - a minha aposta ia para o Márcio. Foi escolhida a Marta. E foi merecido!

 

 

Equipa da Marisa - a minha aposta ia para o Daniel. Foi escolhida a Andrea. Também é uma boa aposta.

 

 

Equipa da Aurea - a minha aposta ia para o Francisco ou Catarina. Mas penso que o Francisco vai ser levado até à final. Foi ele o escolhido!

 

 

Equipa do Mickael - aqui era mais difícil escolher alguém, mas apostei no Fausto, visto saber que o Fernando iria cantar. O mentor surpreendeu-me com a escolha da Juliana.

 

 

Tendo em conta os meus "tiros" ao lado na entrega dos passaportes, já temia que as minhas escolhas não fossem de encontro às dos mentores. Mas desta vez, correu melhor!

 


As escolhas do Anselmo:

 

Assim que ele formou este primeiro grupo, o meu palpite foi logo para o Márcio e para a Laura. Depois de ver as músicas escolhidas pelos quatro concorrentes, ainda mais. A escolha do Luís e da Raquel não foi a mais acertada, e acabou por prejudicá-los.

O Márcio seria o primeiro escolhido, sem dúvida. Quanto à Laura, ainda poderia haver aquela espécie de "obrigação" pelo que aconteceu na edição passada mas ela provou-me, pela primeira vez, que mereceu ir às galas. Foi a primeira vez que a ouvi, e adorei a forma como cantou.

O Anselmo escolheu ambos - Laura e Márcio!

 

 

As escolhas da Marisa:

 

Aqui neste grupo a escolha não era fácil. No entanto, haveria alguma lógica. A Marisa já teve um cantor lírico na edição passada que chegou à final e, na hora do público votar, ficou com um mero terceiro lugar. Logo, não iria insistir nesse género. Da mesma forma, também não a estava a ver a apostar no fado para seguir em frente. Por outro lado, o Bruno é o menino querido dela. E elogiou bastante o Miguel no ensaio. O que me levou a apostar nestes dois rapazes, como escolha da Marisa.

Para ser sincera, não gosto de ouvir cantar o Bruno. Não digo que não tenha talento. Mas a cantar, não passa nada. E ontem não teve a melhor prestação. Aliás, penso que a melhor foi mesmo a da prova cega. 

A Hélia esteve muito bem e não merecia ficar pelo caminho. Até a Sónia, apesar de não ser o meu estilo, teve uma boa actuação.

O Miguel, admito, não esteve ontem nos seus melhores dias. Ele será, certamente, capaz de fazer mais e melhor. Mas adoro a sua maneira de ser e, quando canta, passa para este lado a emoção. Digamos que é o "meu menino"! Gosto do timbre, da forma como interpreta cada música e cada letra, e da sua humildade. Pensei que ficasse pelo caminho. Mas ainda bem que passou!

A Marisa escolheu, assim, o Bruno e o Miguel.

 

 

As escolhas da Aurea:

 

O trio seria para mim a escolha mais lógica, e sobre o qual não tinha grandes dúvidas. É certo que um dos elementos se destaca mais, mas os restantes acompanham-no de muito perto. Gosto da voz da Márcia.

O Bertílio seria a minha segunda aposta. Todos vêem algo nele que eu só consegui ver na prova cega. Desde então, já tinha achado injusto ele ter passado em detrimento da Salomé. Neste tira-teimas, continuou a não me convencer.

Independentemente no talento que cada um deles tem, mais depressa oiço o David que o Bertílio. Espero que ele consiga mostrar que vale mais do que o que fez ontem.

O Tiago escolheu mal o seu tema. Assim que percebi o que ele ia cantar, disse logo que não ia passar. E, depois, aquelas brancas que lhe dá, não abonam muito a seu favor. O que é certo é que ele tem uma voz bonita, e quando chega a hora "H", tudo flui. Parece-me um tema difícil de cantar, quase sem pausas para respirar, e ele fez um bom trabalho. Infelizmente, não chegou.

A Aurea leva, desta forma, para as galas o trio e o Bertílio.

 

 

As escolhas do Mickael:

 

A minha aposta ia para o Marcos e para o Fernando.

O trio estava fora de questão. Nem sequer sei o que estava ali a fazer ainda. O mais certo, mesmo que nas batalhas tivesse ficado a Inês, era ela sair também agora. Mas a verdade é que aquele trio de "pitas", como eu lhe chamo, nem deveria ter chegado aqui. Um medley muito mal interpretado de temas do Mickael Jackson, foi uma péssima escolha. No entanto, se a Marta tiver aulas e tentar sozinha penso que, das três, será a que se safa melhor. 

Quem também não acertou na escolha do tema foi o Bruno que, apesar do talento, não convenceu.

O Marcos esteve bem e já me começa a mostrar que valeu a pena terem-no escolhido.

O Fernando foi o que esteve, sem dúvida, melhor entre os quatro. E melhor que nas batalhas!

Seguem, então, em frente o Marcos e o Fernando.

 

 

 

Apostas para o próximo tira-teimas:

Anselmo - Joana e Alexandra (embora também goste da Natacha)

Marisa - Daniel e Maria (embora a decisão seja das mais difíceis)

Aurea - Catarina e Jessica (embora talvez eu prefira a Vera à Jessica)

Mickael - Fausto e Inês (mas vai depender muito do que fizerem no momento)

 

 

Imagens media.rtp.pt/thevoiceportugal e The Voice Portugal

 

 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP