Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Casamento Forçado: Na Cama Com um Cowboy

doc20170331210949_001.jpg

 

Andrea é a típica rebelde, mimada e maria-rapaz!

Revoltada pela atenção que nunca teve do pai ausente, Andrea refugia-se nos amigos duvidosos, nos distúrbios que provoca, e nos sarilhos em que se mete. É uma menina/ mulher da cidade, e é lá que se sente bem.

Richard é o típico cowboy, afeiçoado à terra, aos animais, ao sossego.

 

O único motivo que o leva a visitar a cidade é tentar convencer o homem, que lhes aluga os terrenos contíguos aos seus, a vendê-los. Esse homem é, nada mais nada menos, que o pai de Andrea!

O primeiro encontro entre Andrea e Richard dá-se, precisamente, à porta do restaurante onde o pai dela o esperava para falarem de negócios. Ela a sair disparada, indo de encontro a Richard, e ele irritado por aquela pessoa nem sequer se ter desculpado. A cena que se segue é, no mínimo, caricata!

Mais tarde, os dois voltam a cruzar-se e Richard consegue, de novo,  "domar" a fera, o que leva o pai de Andrea a propôr um acordo surreal: Andrea e Richard terão que se casar e assim permanecer durante 1 ano, em Montana! Se cumprirem o acordo, Andrea poderá voltar a Nova Iorque e continuará a receber o apoio financeiro dos pais, e Richard terá os seus desejados terrenos. Caso não aceitem, Andrea irá para a rua, sem qualquer ajuda, e Richard poderá esquecer os terrenos.

 

E é assim que, no dia seguinte, partem os dois para Montana, já casados, para aquele que ameaça ser o pior ano das suas vidas. Mas será que as coisas ainda podem piorar mais? Conseguirão eles cumprir o acordo até ao fim? Será Andrea atingida pela maldição de Montana? E como fica Jennifer, a noiva de Richard, no meio de tudo isto?

 

Para quem gosta de um bom romance este é, sem dúvida, um livro a não perder!

Tem partes mesmo cómicas, em que nos vemos a imaginar aquelas cenas e a rir com elas, e outras em que dá vontade de dar um abanão a cada um, para ver se abrem os olhos e deixam de ser casmurros. É um livro pequeno, que se lê num ápice, e se fica com vontade de ler mais! 

 

 

 

 

Atendimento de qualidade por funcionários em formação

10341998_948796758479190_8766809235281284645_n.png

 

A maior parte das vezes as pessoas fogem dos funcionários que estão em formação, preferindo ser atendidas pelos mais experientes, que já estão há mais tempo naquele posto de trabalho.

Normalmente, porque têm a ideia de que será mais demorado ser atendido por alguém que está a começar a aprender, e que ainda não sabem como lidar com os clientes. Na maioria das vezes, está comprovado.

 

No entanto, os funcionários em formação também trazem algumas vantagens. E eu confesso que estou a gostar muito do atendimento feito pelos mesmos, em detrimento dos mais experientes.

 

Ora vejam:

 

No talho, sempre que peço uma perna de peru cortada aos pedaços, os mais experientes fazem-no como foi pedido. Outros, cortam às fatias, como se fosse costeletas.

O funcionário em formação perguntou-me "quer cortada aos pedaços com osso, ou sem osso". E eu, claro, aproveitei a maré e pedi para tirar os ossinhos todos!

 

Na pastelaria, sempre que peço mais do que um produto, tenho que pedir para os separar. A muitos, tenho que pedir o talão, senão, vai fora.

O funcionário em formação, além de ter colocado separadamente, ainda perguntou se queríamos que juntasse guardanapos!

 

 

Podem estar ainda a aprender, podem ainda não ter experiência, mas pelo menos tentam agradar os clientes com um bom serviço e simpatia.

Os mais experientes, já estão cansados, sem paciência, atendem a despachar e, muitas vezes, de mau humor, e não estão para muitas mariquices.

  • Blogs Portugal

  • BP