Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A Vida é Madrasta, de Amélia da Silva

thumbnail_a vida é madrasta.jpg

 

"A vida é madrasta" traz-nos a personagem Toiê, uma jovem mulher guineense, que terá que lutar contra tudo e todos para poder ser feliz, numa época em que as mulheres ainda tinham pouco poder de decisão sobre as suas prórpias vidas.

 

Com uma madrasta a fazer jus à fama que estas, por norma, têm, e um pai que pretende, a bem da cultura, do seu bom nome e da tradição, enviar o filho de Toiê para longe, e casá-la com um homem que ela não ama, Toiê terá que tomar decisões difíceis, se quiser decidir o seu próprio futuro e, ao mesmo tempo, dar o melhor futuro ao seu filho.

 

Este é um romance que nos dá a conhecer as especificidades da cultura Manjaca, e da emergente resistência das mulheres a certos "mandamentos" da dita cultura.

 

Para muitas pessoas, a vida pode, de facto, ser "madrasta". Mas cabe a cada um lutar da melhor forma que puder para tentar ser feliz!

 

 

 

Sinopse:

“— Eu nunca te envergonhei, meu pai, simplesmente não quero casar com o homem que tu desejas muito, mas isso é normal, não tem mal nenhum, como também é muito normal uma pessoa casar com um homem que ama e que deseja!

— Estás louca!... Mas juro-te, por esta lua no alto do céu que está a iluminar-nos e a ouvir o teu disparate, que se voltares a envergonhar-me te irás arrepender!

— É injusto forçares-me a casar com um homem pelo qual não tenho a mínima simpatia e também penso que é absurda essa ideia que tens dos irãs."

 

 

A vida é madrasta

Autor: Amélia da Silva

Data de publicação:Setembro de 2019

Número de páginas: 41

ISBN: 978-989-52-6485-8

Colecção: Viagens na Ficção

IdiomaPT

 

 

 

Resultado de imagem para chiado books

  • Blogs Portugal

  • BP