Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Os contadores inteligentes da EDP

images.png

 

Apesar de já se verem muitos contadores da electricidade exteriores, ainda há muitas casas, mais antigas, que têm contadores no seu interior o que, dada a vida das pessoas, não facilita em nada as leituras periódicas que a EDP costuma levar a cabo porque, normalmente, nunca está ninguém em casa.

 

Há uns anos, dizia-se que todos os contadores da electricidade, à semelhança dos da água, iriam passar para o exterior. Assim, qualquer funcionário poderia fazer a leitura sem necessidade da presença do titular co contrato.

 

A verdade é que os contadores começaram a ser substituídos por novos, mas mantendo-se no interior das habitações. A novidade é que são inteligentes!

E enviam as leituras directamente para a EDP. Nem precisamos de dá-las nós, nem é preciso vir ninguém à residência.

 

Só que, ao que parece, ou a EDP não confia suficientemente na inteligência dos seus contadores, ou estes não são mesmo inteligentes. Porque, ainda no outro dia, voltou a vir um funcionário da EDP fazer as leituras, porta à porta. 

Dormir com companhia - versão romântica versus realidade

 

Sabem aquela ideia romântica de uma casal apaixonado, a dormir de conchinha, agarradinhos um ao outro?

Pois, é bonita! E resulta, uma vez ou outra. 

Mas esqueçam-na quando se trata de dividir, diariamente, a mesma cama!

 

A realidade é que, nem sempre, dormir acompanhado é bom.

  • Primeiro, porque torna-se difícil dormir se algum, ou os dois, passam boa parte da noite a ressonar.
  • Depois, se a tendência é para ocupar mais espaço de que o devido, o mais certo é um ficar numa ponta, enquanto o outro ocupa dois terços da cama.  
  • Por via das dúvidas, é sempre melhor dormir de forma a evitar acidentes, como uma cotovelada, ou um soco inesperado na cara, enquanto o(a) companheiro(a) se espreguiça.
  • E, por conta destas duas últimas razões, a pessoa acaba por dormir quase toda a noite na mesma posição, e acorda no dia seguinte cheia de dores nas costas.
  • Há também aqueles casais que, contra todas as probabilidades, gostam mesmo é de dormir de costas um para o outro, e não agarrados.
  • Até porque isso é muito bonito mas limita-nos os movimentos. Não que queiramos andar a dançar ou fazer ginástica durante a noite mas parece que até temos receio de respirar, ou de mexer alguma coisa, para não incomodar ou acordar o outro.
  • Para quem está habituado a dormir sozinho, tornar-se ainda mais complicado habituar-se a outra presença na cama.
  • E se, além do(a) companheiro(a), ainda partilham a cama com animais de estimação, mais complicado se torna.

Por isso, a ter que ficar alguém, que fiquem os animais!

 

 

Imagem daqui, onde podem rir um pouco, com as restantes ilustrações:

https://www.virgulistas.com.br/7-ilustracoes-engracadas-que-mostram-como-e-dormir-com-alguem-ao-seu-lado/