Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Por esta é que ninguém esperava!

Estava a minha filha com o dicionário infantil de inglês-português que o avô lhe ofereceu, a fazer perguntas ao meu namorado e a mim, sobre como se diziam diversas palavras em inglês, para ver se acertávamos.

Uma dessas palavras era pescoço. E eu, disse-lhe então: "E sabes como se diz pescoço em francês? É cou, só que se escreve C O U!"

Ela achou muita graça, e às tantas sai-se com esta: "Oh mãe, já viste uma pessoa a dizer - ai, custa-me a engolir, dói-me o cou!"

Não aguentámos! Eu e o meu namorado desatámos a rir, pelo duplo sentido que aquela frase nos fazia lembrar! Já chorávamos a rir, já nos doía a barriga! E a minha filha ria connosco por nos ver a rir e ter achado piada à piada dela, mesmo sem saber do que nós verdadeiramente nos estávamos a rir!

 

Moral da história - nunca tentem ensinar francês aos vossos filhos!

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 2 comentários

    Comentar post