Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Púrpura de Henoch Schönlein

 

Para todas as pessoas que, tal como eu, nunca tinham ouvido falar em tal doença, aqui fica a descrição sumária.

Também conhecida por púrpura alérgica, consiste na inflamação dos vasos sanguíneos e ocorre, principalmente, em crianças jovens.

Os sintomas mais comuns são as hemorragias na pele, dores nas articulações e dor abdominal podendo, em alguns casos, afectar os rins.

A grande maioria dos casos, como o da minha filha (até ver), não necessitam de tratamento além do controle dos sintomas (medição regular da tensão arterial e observação da urina), paracetamol para as dores, dieta hipoalergénica, e repouso absoluto.

É uma doença que se resolve por si, num período de tempo, normalmente, nunca superior a um mês.

Não se sabe a causa, embora possa ocorrer após algumas infecções virais e bacterianas ou como reacção a algum medicamento, e está relacionada com a produção, por parte das nossas defesas, de anticorpos contra os vasos sanguíneos.

A pele é sempre atingida. As pintas vermelhas iniciais vão-se juntando e formam conglomerados de cor púrpura, mais comuns a nível dos membros inferiores, embora possam surgir, como à minha filha, nos superiores (mãos, pulsos, cotovelos). As articulações mais afectadas são também as dos membros inferiores - anca, joelho, tornozelo, podendo também surgir nas mãos e pés.

No caso da Inês, ela apresentava os dois pés inchados, e as pernas também.

Em situações normais, não é uma doença grave nem contagiosa, apesar do seu nome pomposo, e é mais comum do que possamos imaginar.

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 5 comentários

    Comentar post