Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Desejos de mãe

Hoje a Inês recebeu uma mensagem de uma colega da escola. Dizia que ia passar uns dias aos Açores.

Fiquei triste...Lembrei-me de um episódio das Winx, em que a Bloom, agora de férias de verão, tem que ficar e ajudar os pais, e passar as suas férias no mesmo sítio de sempre, enquanto as colegas viajam para outros lados. A Bloom teve direito a uma bicicleta, enquanto todas as outras já andavam de mota. Não é vergonha nenhuma. Cada um dá aquilo que pode e faz o melhor que consegue.

Mas, para mim, é, de certa forma, um pouco desanimador, não poder proporcionar umas melhores férias à minha filha.

Sempre fui habituada a passar as minhas férias na praia, no tempo em que no verão era mesmo verão! Estava sempre ansiosa para que chegasse o mês de Agosto, e triste quando chegava ao fim. Despedia-me do mar, da praia, do rio, dos montes e de todo o percurso que só voltaria a fazer no ano seguinte.

Agora, vejo a minha filha de férias, em casa dos avós, porque não há dinheiro para a pôr noutro lado. Quando vai com o pai dela, também não faz grandes passeios. E quando eu estou de férias, queria compensá-la...Mas o dinheiro tem que ser controlado - tem que dar para os livros e material escolar do próximo ano lectivo, tem que dar para alguns gastos extra que não se podem ter com o ordenado, e para as férias.

Isso significa que o mais longe que podemos ir é aqui à Ericeira ou praias próximas, um dia ou outro de cinema, e as festas populares de verão aqui da zona. Até as piscinas municipais já começam a sair caras.

Ir para outro lado, está mesmo fora de questão! E isso desanima-me...

Queria que a minha filha pudesse passear mais, aproveitar melhor, conhecer novos sítios...

Talvez um dia lhe consiga dar esse presente... 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 5 comentários

    Comentar post