Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Dona de Casa Desesperada

 

Ontem, depois de um dia de trabalho, cheguei a casa já perto das 20h e o cenário que me esperava foi este:

- Adiantar o almoço e jantar de hoje da minha filha;

- Adiantar o almoço e jantar de hoje do meu namorado;

- Pôr o jantar na mesa para a minha filha;

- Dobrar e arrumar roupa;

- Arquivar papelada;

- Lavar a entrada do portão, que os cães decidiram transformar em casa de banho pública;

- Dar um jeito à cama;

- Lavar loiça, limpar e arrumar;

- Arrumar a cozinha e a tralha toda que a minha filha tinha deixado espalhada pela casa;

- Fazer uma visita ao site das Finanças;

- Pagar a renda da casa...

Ontem, depois de um dia de trabalho, mal tive tempo para descansar, para me sentar, para ver televisão.

E como já não deu para tratar dos banhos ontem, senão deitávamo-nos tardíssimo, tivemos hoje que levantar mais cedo para o fazer.

Felizmente, estas cenas de dona de casa desesperada não acontecem com muita frequência. Por enquanto...

O meu medo é que isto se venha a tornar um hábito, que seja esta a rotina que me espera daqui para a frente, e que tudo o resto se apague.

Que a namorada, amiga, companheira e amante que ainda conseguia arranjar tempo para estar com o namorado, dê lugar à cozinheira e mulher de limpezas que mal tem tempo para si quanto mais para os outros.

Que a felicidade, a alegria e boa disposição, dêem lugar ao cansaço e ao mau humor.

A ver vamos...

  • Blogs Portugal

  • BP