Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Senha para validar facturas dos filhos

Resultado de imagem para validar faturas irs

Actualmente, para terem direito ao benefício fiscal na declaração de IRS, todos os contribuintes necessitam de validar as facturas que pediram em seu nome, ao longo do ano anterior, com a sua senha de acesso ao Portal das Finanças.

A partir de 2015, e para confirmar e validar todas as facturas emitidas em nome dos filhos, os pais terão que requerer, também, uma senha de acesso para os mesmos, podendo fazê-lo no respectivo site do Portal das Finanças ou em qualquer repartição de finanças.

Eu vou já tratar de pedir uma para a minha filha!

 

As "Violettas" deste mundo

 Y vuelvo a despertar En mi mundo Siendo lo que soy...

 

Gosto de ver a série, gosto da maior parte das músicas, e vibrei com o concerto no Meo Arena.

E tudo isto, graças à minha filha, que desde que a série começou, ficou fã, assim como milhares de crianças por esse mundo fora.

Sim, por vezes é necessário refrear um pouco a febre, pelo bem da minha carteira, da minha saude mental e do sucesso escolar dela! 

Mas é um facto que a Disney apostou forte, e transformou Violetta num verdadeiro caso de popularidade tal como o fez, outrora, com outros jovens, que se tornaram artistas de sucesso.

No entanto, na opinião da psicóloga Cristina Sá Carvalho, a influência destes fenómenos sobre as crianças não é muito saudável, dando como exemplo o fenómeno Hanna Montana que deu uma reviravolta na sua carreira e se transformou numa Miley Cyrus permanentemente envolvida em polémicas.

Defende Cristina Sá Carvalho que as crianças precisam de outro tipo de liderança, e de se identificarem com o pai e com a mãe, e não com as "Violettas" deste mundo, advertindo que “Um dia as Hannas Montanas transformam-se em Miley Cyrus”.

Eu não vejo as coisas por esse prisma.

Qual é o mal de as crianças se identificarem com os seus fãs, ainda que sejam imagens fabricadas, que podem não corresponder à realidade? 

Sempre assim foi! Só porque uma criança ou adolescente foi fã da Hanna Montana, não significa que agora vá andar por aí com a língua de fora e a mostrar o corpo. Só porque um rapaz é fã do Justin Bieber, não vai andar por aí a agir como ele. Não é por ter sido fã da Britney Spears vai cometer as mesmas loucuras que ela. 

Além disso, a influência pode ser positiva. E não tem necessariamente de interferir com o papel da família e dos progenitores. O facto de a minha filha gostar de cantar e dançar as músicas da Violetta, e entreter-se com isso, é benéfico. Faz uma coisa que gosta e ainda vai aprendendo espanhol! E na série também vai observando alguns princípios que já conhece e que aprendeu com os pais, mas que não lhe fazem mal nenhum ver, como o valor da amizade, a confiança, o quão errado é mentir ou esconder coisas dos pais e amigos, etc.

Por essa lógica, as crianças nunca deveriam acreditar no Pai Natal, porque um dia se transformará no nosso avô, nem na Fada dos Dentes, que um dia se transformará na nossa mãe, nem em nenhum outro artista ou personagem mundialmente famoso que, por um motivo ou outro, se transformou noutra pessoa!

E também é certo que, muitas vezes, é preferível identificarem-se mais com determinadas personagens, do que com certas mães e certos pais que conhecemos, e que nem assim merecem ser chamados. 

Goste-se ou não, estes fenómenos vão continuar a existir, e todos nós, crianças ou adultos, em algum momento da nossa vida, nos poderemos sentir identificados com as personagens que eles criam.

Por isso, que venham as "Violettas" deste mundo, porque chegará o dia em que as nossas crianças crescerão, e serão elas próprias, independentemente das modas que lhes impuserem! 

 

Dia Mundial do Sorriso - Já sorriu hoje?!

 

E já fez alguém sorrir hoje?

Vá lá...não custa nada! E ainda não se paga taxa, sobretaxa ou qualquer imposto sobre o sorriso!

 

Por isso vamos aproveitar a "desculpa" de hoje ser o dia mundial do sorriso, para sorrirmos e fazermos sorrir!

Numa altura em que os portugueses o fazem cada vez menos, vamos contrariar essa tendência.

A data foi criada em 1963 por Harvey Ball, um artista de Worcester, Massachussets, que criou a imagem do smiley, reconhecida internacionalmente.

Mas não é só neste dia que nos devemos de lembrar de sorrir. Até porque o sorriso proporciona a sensação de bem-estar e é um grande aliado da saúde, pois pode ajudar a prevenir doenças e auxiliar o organismo a cumprir as suas funções diárias.

Aqui ficam alguns dos benefícios que uma boa dose de sorriso pode fazer por você:

- É benéfico para ao coração: o riso pode reduzir o risco de doenças cardíacas;

- Pode aumentar os níveis de colesterol bom no sangue:

- Diminui a pressão arterial: as risadas fazem com que o fluxo de sangue aumente, reduzindo a pressão arterial;

- Aumenta a absorção de oxigênio pelos pulmões: o ato de sorrir ajuda a inalarmos mais ar e, com isso, a expiração também fica mais forte. Com maior ventilação pulmonar, o excesso de dióxido de carbono e vapores residuais é rapidamente eliminado, promovendo uma limpeza ou desintoxicação;

- Ajuda na digestão: os músculos que são mais estimulados quando rimos são os abdominais, o que provoca uma espécie de massagem no sistema gastrointestinal, melhorando a digestão;

- Ajuda na circulação do sanguínea: o ritmo cardíaco é acelerado quando sorrirmos. Quando a pulsação aumenta, o sangue circula mais intensamente no organismo, o que aumenta a oxigenação de todas as células, tecidos e órgãos;

- Diminui o stress: durante uma sessão de gargalhadas, os níveis de cortisol e adrenalina diminuem, e o cérebro passa a produzir endorfina, que proporciona o relaxamento;

– Faz bem para a pele do rosto: ajuda a combater as tão temidas rugas, uma vez que os movimentos durante o sorriso servem como um exercício para os músculos, o que faz propícia um esticamento da pele facial retardando o aparecimento de rugas;

- É tão saudável quanto exercícios físicos: a gargalhada estimula a circulação, produz endorfina e também movimenta os músculos, não só da face, mas também do abdômen, pernas, braços e pés;

- Melhora o bom humor e aumenta a autoestima. Para pessoas que estão com problemas de saúde, pode ajudar a diminuir o sofrimento da internação e deixar as pessoas mais confiante;

 

Mas ATENÇÃO:

Sorrir é contagioso! 

Além de todos os benefícios já citados acima, o sorriso encurta a distância entre as pessoas e torna o mundo a sua volta ainda melhor.

 

Então, do que está à espera para começar já a sorrir?!

 

Os morangos são nossos amigos

As conclusões são de um estudo levado a cabo por investigadores italianos e espanhóis

Verificou-se, nos 23 voluntários que, durante um mês, incluiram na sua dieta diária 500 gramas de morangos, houve uma redução significativa do mau colesterol e triglicéridos, melhorando também outros índices como o dos antioxidantes. Terminada a experiência, e retomada a alimentação sem aquela quantidade do fruto, os valores voltaram aos níveis anteriores.

Outras pesquisas realizadas pelo mesmo grupo de investigadores concluiram ainda que os morangos ajudam a proteger o corpo das radiações ultravioletas, reduzem os efeitos do álcool no estômago e ainda fortalecem os glóbulos vermelhos, aumentando a sua capacidade de antioxidação.

No caso das mulheres, os morangos dão uma sensação de tranquilidade e bem-estar, ajudam a reduzir o stress e a aliviar as dores menstruais.

Aqui ficam alguns dos seus inúmeros benefícios:

- São tonificantes, diuréticos e laxantes, por isso aliviam os transtornos digestivos, como a gastrite ou gastroentrite.

- Regulam as funções nervosas e endócrinas do organismo.

- Têm propriedades bactericidas e desinfetantes.

- Possuem ação anticoagulante e anti-inflamatória.

- Intervêm na estabilidade das células sanguíneas e na fertilidade.

- São excelentes para o reumatismo e a gota.

- Exercem um efeito hipotensor, que ajuda a regular a tensão arterial.

- Fortalecem os ossos, o cabelo e a pele.

- Facilitam a função do fígado e da vesícula, o que é ideal para desintoxicar o organismo e eliminar gorduras.

- Combatem as lombrigas infantis

 

Já elogiou alguém hoje?

 

Elogio é o enaltecimento de uma qualidade ou virtude de algo ou alguém. Um elogio pode desencadear uma série de substâncias do prazer, da alegria e da satisfação na corrente sanguínea de quem o recebe.

Por isso mesmo, pode ser utilizado para motivar, aumentar a auto-estima ou corrigir defeitos. Pode servir de reconhecimento por um bom desempenho ou actos de destaque. É essencial para um desenvolvimento emocional e social saudável ao longo de todo o ciclo de vida, e vital para um bom clima familiar e organizacional. Um ser humano elogiado fará melhor, dará algo mais numa próxima vez, será melhor.

E, quando elogiamos os demais, é provável que também sejamos elogiados!

Assim, mesmo para aqueles que afirmam que "os elogios não nos elevam, assim como as críticas não nos rebaixam, porque somos aquilo que somos e não o que nos acham", aqui ficam alguns dos benefícios da arte de elogiar:

  •  Aumenta a auto-estima individual;
  •  Sentimento de pertença a um grupo;
  •  É um meio para alcançar um comportamento desejado no outro;
  •  Aumenta a produtividade das pessoas e da empresa;
  •  Ajuda a fortalecer amizades e a criar novas;
  •  Aumenta a resistência física e psicológica contra situações de doença ou desesperança e pessimismo;
  •  Melhora a postura pessoal e protege as pessoas contra o stress e pressão do quotidiano;
  •  Incrementa a identidade profissional para o sucesso;
  •  Aumenta o valor da imagem profissional de quem recebe e dá mais poder pessoal a quem emite;
  •  Facilita/promove a comunicação interpessoal;
  •  Promove mudanças comportamentais pessoais e profissionais;
  •  Serve como ferramenta educacional;
  •  É de graça!

E você, já elogiou alguém hoje?

  • Blogs Portugal

  • BP