Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Contradições

 

Haverá algo melhor do que acordar, sair para a rua, e vislumbrar um lindo céu azul onde o sol brilha, tentando aquecer-nos com os seus raios?!

Haverá forma melhor de passar um dia luminoso e cheio de boas vibrações, com a natureza como fundo, observando lá ao longe o mar e, aqui mais perto, as árvores, os campos de trevos, e os passarinhos a cantar?!

Eu sempre me dei melhor com este tempo, que me dá energia, boa disposição e humor, do que com aqueles dias cinzentos e de chuva que me fazem ficar com a neura!

Mas, curiosamente, depois de ter sido presenteada todos estes dias e meses com esta espécie de terapia natural, em que se notou a diferença na minha forma de estar e encarar a vida, com muito mais alegria e entusiasmo, relativamente a outros invernos, a minha disposição sofreu repentinamente, e sem motivo, uma quebra. 

E dou por mim a desejar que, pelo menos por instantes, o céu fique cinzento, e venha a chuva! É que, com este maravilhoso tempo a anunciar a chegada da primavera, torna-se difícil estar convenientemente desanimada! O que é um perfeito absurdo, porque ninguém gosta de estar desanimado, muito menos eu!

É quase como desejar que seja sempre dia, porque não gostamos de dormir, e queremos aproveitar ao máximo o que os dias nos proporcionam, mas, ao fim de tanto tempo, estar com uma enorme vontade de fechar os olhos, e desejar que volte a ser noite, para o conseguirmos fazer! 

 

Sensação de Liberdade

 

 

Há momentos, na nossa vida, em que temos necessidade de fazer alguma coisa, que nos faça relembrar e reviver a sensação de liberdade!

Principalmente quando vivemos, dias e dias, presos à nossa rotina diária, que mal nos deixa tempo para respirar.

Durante toda a semana saio de casa cedo e chego tarde. O tempo que passo em casa, ou é para dormir, ou para as tarefas domésticas.

Chega então o fim-de-semana. A minha filha vai passar o dia com o pai, e o meu namorado vem ter comigo. No dia seguinte, ou estou com os dois, ou estou com a minha filha.

Em seguida, tenho pela frente mais uma semana de trabalho! E um novo fim-de-semana chega!

Um dia para estar com a minha filha e, finalmente, o dia em que estou sozinha!

É um bom motivo para dar pulos de alegria – tenho finalmente um dia só para mim, para fazer o que me apetecer!

Mas a verdade é que não é bem assim. Esse é o dia em que aproveito para fazer uma limpeza mais elaborada à casa, que o dia-a-dia não permite.

É claro que conseguir guardar algumas horas de quinze em quinze dias para me dedicar ao que mais gosto, não é tarefa fácil.

Por isso mesmo, é perfeitamente normal que ao fim do dia me sinta sufocada por estar fechada em casa, e com uma urgente necessidade de sair à rua, de apanhar ar, de sentir a liberdade invadir-me, nem que seja por breves instantes.

E, hoje, a liberdade manifestou-se em tons de cinzento e verde! O cinzento, do céu carregado, ameaçando a chegada de um temporal a qualquer momento. E o verde, das árvores que me rodeiam, enquanto caminho!

É um belo cenário, desafiador…a natureza no seu melhor…ou pior, dependendo da perspectiva de cada um. Mas eu gosto deste tempo, e naquele momento pouco me importava se ia começar a chover, a trovejar ou qualquer outra coisa.

Sentia-me livre! E isso era o mais importante!

 

Farta de Chuva

O dia hoje começou cinzento e chuvoso...

 

thwea02.gif (2659 bytes)

 

 

 

 

 

Fui levar a minha filha à escola, e depois ainda tive que caminhar à chuva até ao meu trabalho. Fiquei ensopada, não só pela chuva intensa que caía, mas pelos simpáticos carros que se sentem tão satisfeitos a passar por nós e dar-nos um banho! E pensei cá para mim - será que isto ainda pode piorar?

 

wet_re05.gif (12145 bytes)

 

 

 

 

 

 

 

A resposta veio logo em seguida: Claro que pode! Nada é assim tão mau, que não possa ficar pior!

 

gfd.gif (44590 bytes)

  • Blogs Portugal

  • BP