Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

O dia em que comprei uns ténis para mim

IMG_4696.JPG

 

Não era nada disto que eu queria!

Só precisava de comprar umas sabrinas para calçar nestes dias em que já está frio para andar de sandálias, mas calor para usar botas.

Ainda experimentei as da minha filha mas, para variar, estão grandes e caem-me dos pés. 

Nas sapatarias, o que há, ou está grande demais, ou pequeno demais, ou é demasiado folclórico para o meu gosto.

Fui ao chinês com a minha filha, para ela comprar uns ténis para ela. Experimentou vários, não se sentiu bem com nenhuns. Também não havia sabrinas de jeito para mim.

Acabei por ser eu a sair de lá, depois de a minha filha insistir que ficava bem, com uns ténis para mim!

Eu, que sou totalmente avessa a este calçado, perdi a cabeça :)

 

Sim, até são bonitos e confesso que não ficam mal, e dão um bom andar. Mas continuo a não gostar muito de me ver com eles.

 

Aquele momento em que já estamos a ir para o carro...

Resultado de imagem para confusa imagens

 

...e nos lembramos que um dos recados ficou por fazer, obrigando-nos a voltar para trás, quando o que mais queríamos era sair dali!

 

Foi assim no sábado.

Depois de chegarmos em cima da hora à apresentação do livro do Clube de Gatos, e de termos estado por lá quase três horas, arrumámos tudo, saímos para o estacionamento, e lembrei-me que tinha que ir à Fnac, comprar a Power Bank para a minha filha.

Raramente vamos ao Colombo, ou outro shopping que tenha Fnac, e não podia desperdiçar o cartão de oferta. Além de que a minha filha pediu-me várias vezes para não me esquecer.

Lá fomos nós, de volta ao Colombo, enfiarmo-nos na loja, e perder mais um tempo, até finalmente ir embora definitivamente!

Do fim-de-semana...

Imagem relacionada

 

Sexta-feira: a dor de cabeça fez-me ir para a cama às 9 da noite! Enquanto o meu marido estudava, eu acabei por adormecer, acordar perto da meia noite e voltar a dormir, para depois acordar às 7 por conta das gatas, e dormir até às 9 da manhã de sábado!

 

Sábado: depois da manhã na campanha de adopção, fomos à praia ao final do dia. A "minha praia" está cada vez pior. Tivemos que subir os pedregulhos, como se estivessemos em escalada, e descer os mesmos para passar para o outro lado, sem nos matarmos pelo caminho. O cantinho onde tomávamos banho está cercado de rocha. Já não conseguimos ir para lá. Entrámos por outro lado, a tentar aceder a um corredor de areia, que já não é bem um corredor mas um quadrado de pouco mais de um metro. Para sair, foi com muito cuidado, para as ondas não nos atirarem contra as rochas.

 

Domingo: almoço fora com os meus pais, porque eles também merecem, um almoço que andava para pagar desde o ano passado. Ida à praia, desta vez a outra onde podemos nadar à vontade, não fosse o facto de a água estar gelada, e estar mais frio à beira mar do que em Mafra. E um gasto extra, visto que o telemóvel que a filhota tinha comprado pifou. Ao final do dia, novamente má disposição, e despachar tudo o mais rápido possível para me deitar.

 

Hoje, por conta do calor, a dor de cabeça já está a dar sinal...

 

Os olhos lêem o que o corpo sente!

Resultado de imagem para pitosga

 

Ia eu ontem a caminho das finanças, e a pensar em férias.

Olho para uma churrasqueira ao meu lado e leio no papel que lá tinham "precisamos de férias..."!

Fiquei parva :) Quem é que se lembrou de escrever isso?!

Leio novamente, e afinal o que o papel dizia era "estamos de férias..."!

 

Das duas uma: ou preciso de lentes de contacto novas, ou mesmo de férias! 

  • Blogs Portugal

  • BP