Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A minha pontaria para compras online...

Resultado de imagem para compras online

 

... e não só!

 

Raramente tive problemas com compras efectuadas online, mas desta vez parece que o azar me bateu à porta, e ando com má pontaria, falhando os alvos.

 

Em novembro, decidi experimentar mandar vir umas peças de roupa através de uma revendedora, no facebook. Foi mesmo um tiro no escuro, e por isso encomendei só duas peças, sabendo que poderia vir a dar aquele dinheiro como perdido.

Após enviar mensagem, demorou algum tempo a responder, mas quando confirmei que queria encomendar, deu-lhe a pressa, sobretudo no pagamento, o que achei logo suspeito.

A encomenda foi feita a 20 de novembro. Na página, dizia que poderia demorar 2 semanas a 1 mês.

Em Dezembro, chegou um das peças (não a que a minha filha mais queria), e fiquei mais descansada. Perguntei por memsagem porque só tinha vindo uma peça, responderam-me que era normal, porque são fornecedores diferentes.

Até hoje, estou à espera da segunda peça. A revendedora diz que a encomenda saiu logo após o pagamento, que se não fosse recebida voltava para ela, mas como envia em correio normal, não tem forma de saber onde está a encomenda! Ela, que enviou, não consegue saber nem dizer nada. No entanto, pasmem-se, disse-me para perguntar nos CTT! E pergunto o quê, exactamente, sem qualquer referência?!

 

Em Dezembro, tentei comprar uma escova alisadora para oferecer à minha filha. Queria pagar com o cartão universo, segui os passos até ao fim, mas não me deu confirmação de encomenda, nem recebi qualquer email ou sms. Liguei para lá. Não sabem dizer nada sem número da encomenda, que eu não tinha, porque não recebi nada. Sendo assim, nada a fazer.

Arrisquei fazer de novo, desta vez a pagar por multibanco. Recebi logo em seguida os dados para pagamento. A encomenda foi feita a 8 de Dezembro, e recebi um email a informar que a data de entrega prevista era 27 desse mês. Não dava para o Natal, mas ficaria para o aniversário.

Esta semana liguei para a Worten. Como o prazo previsto tinha passado, iriam pedir informação ao fornecedor, para nova previsão. Em alternativa, poderia cancelar a encomenda. Foi o que fiz. Agora é esperar pelo reembolso, para comprar a escova noutro lado. E já nem para o aniversário vai a tempo.

 

Também nos últimos dias do mês de Dezembro, fui encomendar a lente para os óculos da minha filha. Para despachar o assunto, paguei logo. Ficaram de me avisar quando chegasse, para lá ir, prevenindo-me que só lá para o dia 3 é que conseguiria pedir, devido às festas de ano novo. Mesmo assim, já faz hoje uma semana, e nada. Lá vou ter que ligar para saber se ainda demora.

 

E, entretanto, o dinheiro está do lado de lá!

 

Dramas de uma mulher sem nada para calçar!

Resultado de imagem para enervada

 

Ontem, como estava bom tempo, decidi estrear uma camisola preta nova, igual a uma que comprei para a minha filha.

O problema é que a maioria das calças que tenho, e que me ficam justas, são escuras. Logo aí, começou o primeiro problema. Encontrar umas calças clarinhas, que me ficassem bem. Até tinha um ou dois pares, mas são largas em baixo (à boca de sino), e com as botas que tenho não ficam bem. 

Precisava de umas sandálias de verão. Corri a casa toda, abri todas as caixas em que tenho calçado, e não me apareceram as sandálias. Não faço ideia do que lhes fiz, ou onde as poderei ter arrumado. 

A ficar sem tempo, vesti antes umas calças de ganga, e fui experimentar os sapatos da minha filha, porque não tenho sapatos meus. Mas, para isso, precisava de meias de licra cor de pele, que eu também não tinha. E, mais uma vez, fui à gaveta da minha filha para ver se me desenrascava.

Calcei as meias e os sapatos, mas estes ficavam-me largos, e a cair dos pés! Desisti dessa ideia, e fui experimentar as botas. Ficavam mal. Voltei a descalçar as botas e as meias, e tive que me contentar com umas sandálias antigas que já não usava, e que mais pareciam ter saído de um caixote do lixo mas que, depois de bem limpas, acabaram por ser a minha salvação!

 

Conclusão a que chegámos: preciso urgentemente de comprar sapatos e sandálias, ou chego ao verão a calçar botas de inverno, e preciso de comprar calças mais atuais, e que eu possa usar, ao invés de estarem a ocupar espaço para nada!

Sou uma pessoa de rotinas, até nas compras!

Resultado de imagem para compras

 

Senão acreditam, aqui fica a prova:

 

No supermercado ao pé do trabalho - compro sempre todas as semanas uma garrafa de água

Na pastelaria ao pé do meu trabalho - compro sempre todas as semanas pães de leite simples para levar

No Continente - vou de propósito só pelos croissants integrais

No Lidl - por norma, o que mais compro lá todas as semanas é fruta

Na óptica aqui de Mafra - todos os meses compro o líquido para as lentes de contacto

No oculista em Lisboa - compro sempre os meus óculos e lentes de contacto, quando é preciso

Na farmácia em frente ao meu trabalho - é onde vou sempre comprar os medicamentos e afins, a não ser que esteja fechada

 

e por aí fora!

 

Resultado de imagem para compras

Eu bem sabia que não era boa ideia

Resultado de imagem para decathlon loures

 

No domingo fomos à Decathlon.

O meu marido precisava de lá ir. E tentou convencer a minha filha a comprar lá as calças para educação física. Ela tem usado as mesmas do ano passado mas, este ano, pensamos que lhe está a provocar uma espécie de alergia nas pernas, e chega ao fim desses dias em que tem as aulas de educação física com as pernas cheias de borbulhas. Não percebi ainda se é das calças, ou do próprio exercício, que esteja a desencadear novos episódios de púrpura. 

Mas parece-me que será mesmo das calças porque, para fazer a experiência, da última vez levou outras calças diferentes, e parece ter melhorado.

Eu dizia ao meu marido: "mas é preciso ir à Decathlon para comprar umas calças? Vou ali ao chinês e sai-me mais barato."

Mas pronto, lá fomos nós. Ia a pensar comprar um ou dois pares de calças, no máximo.

Saí de lá com 4 pares de calças, 2 camisolas e 1 casaco! Carregada com um saco cheio, mas com a carteira bem mais leve.

Já disse à minha filha: "esta roupa tem que durar os próximos 3 anos"!

 

 

Fazer compras no inicio do ano

 

Fazer compras no início do ano não parece ser uma boa ideia.

Porquê?

Porque parece que toda a gente se lembrou de abastecer a dispensa para as semanas do Natal e Passagem de Ano, e esvaziaram as prateleiras dos hipermercados!

Acreditem que um terço das coisas que queria, e costumo comprar, não encontrei à venda:

 

areia para gato - esgotada

catisfactions de salmão - esgotado

o azeite que costumo comprar - esgotado

sal (do mais barato) - esgotado

nestea de manga/ ananás - esgotado

a pasta de dentes que usamos - esgotada

peixaria - muito gelo e pouco peixe

laranjas - só havia meia dúzia

 

Resultado: andavam os funcionários a repôr as prateleiras todas, para um rápido regresso à normalidade. Felizmente, segundo me disse depois o meu marido, tinha chegado nesse dia um camião para descarregar produtos!

  • Blogs Portugal

  • BP