Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A vida é um jogo

 

Com uma casa de partida, uma meta ou casa de chegada, e todo um percurso a fazer pelo meio, para lá chegar.

Neste jogo, lançamos os dados. Por vezes, eles levam-nos a avançar vários passos. Outras vezes, obrigam-nos a recuar, a retroceder alguns passos ou, simplesmente, a não nos movermos. Nem sempre avançar é bom. Pode-nos levar a casas que gostaríamos de evitar. Nem sempre recuar é mau. Podemos ir parar a uma casa que até nos traga vantagens.

Cada uma das casas à qual os dados lançados nos levam, nos trazem desafios, objetivos a alcançar, perguntas às quais temos que responder. Algumas casas trazem coisas boas, pequenos incentivos, bónus, alegrias, a oportunidade de avançar mais um pouco neste jogo. Outras, nem tanto. São casas que não nos levam a lado nenhum, sem utilidade mas que, ainda assim, fazem parte do jogo.

Como todos os jogos, também a vida é um risco.

Mas, ao contrário de um jogo comum, que jogamos ou não consoante a nossa vontade, neste jogo da vida não pedimos para entrar. Ainda assim, fomos colocados no tabuleiro a partir do momento em que nascemos, e "obrigados" a jogá-lo, a correr esse risco. 

Ao contrário de um jogo comum, a maior parte de nós não tem pressa de chegar à meta, à fatídica casa de chegada, na qual iremos abandonar de vez o jogo, e esta vida que nos foi dada.

Queremos,sim, aproveitar aquilo que as diversas casas, que lhe precedem, nos têm para dar. Embora nem sempre o consigamos fazer como deveríamos. É que, mesmo avançando devagarinho, estamos a avançar, e as casas pelas quais passámos, ou não, vão ficando para trás, sem que possamos, muito provavelmente,lá retornar. E não nos esqueçamos que, a qualquer momento, e sem contarmos com isso, podemos ser eliminados do jogo.

A vida é um jogo, e este jogo é também feito de apostas. Algumas, serão apostas ganhas. Outras, poderemos eventualmente, perder. Mas só saberemos o resultado da aposta, depois de a fazer.

Só saberemos aquilo que nos espera, e onde nos levará este jogo, se nos mantivermos activos, em movimento, se continuarmos a lançar os dados, a fazer apostas, a utilizar os botões que temos ao nosso dispôr, a percorrer o tabuleiro onde fomos colocados como peões mas, ao mesmo tempo, como jogadores. 

Só conseguiremos aproveitar ao máximo este jogo, se soubermos aprender com as más jogadas, celebrar os pequenos avanços e conquistas, tirar partido das casas mais vantajosas onde os dados nos levem, e contornar aquelas que mais nos prejudicam.

Podemos não ter pedido para jogar este jogo da vida, mas a verdade é que estamos dentro dele.

E valerá a pena passar todo o percurso do jogo sem arriscar, sem o viver, sem tomar as rédeas do mesmo nas nossas mãos? Valerá a pena ficar parado, a ver os outros jogadores passar por nós, ou à espera que alguém lance os dados por nós, avance por nós, viva por nós?

Valerá a pena desperdiçar todas as ferramentas que nos foram fornecidas para nos ajudar nesta caminhada, e esperar que o destino se encarregue de nos empurrar de uma casa para a outra, quando não era nessas casas que queríamos estar?

A vida é um jogo, sim. E já que estamos nele, vamos jogá-lo como sabemos e podemos, e deixar a nossa marca enquanto nele nos mantivermos, sem receios!

Corrida inédita no metro de Lisboa em Dezembro

imagem expresso.sapo.pt

 

Esta corrida é mesmo para os amantes da corrida, e que gostam de enfrentar novos desafios!

Já se imaginaram a correr debaixo da terra, nos carris do metro, de madrugada? Se sim, podem agora pôr esse sonho em prática. Se nunca tinham sequer pensado nisso, então é uma boa altura para se aventurarem, e serem um dos 100 participantes!

É já no próximo dia 12 de Dezembro, ou melhor, na madrugada de 12 para 13 de Dezembro, que se irá realizar esta corrida, inédita em Portugal, na linha vermelha do metro de Lisboa, e que conta com o apoio e participação de Nélson Évora, embaixador da Discovery Underground Lisboa.

Com partida na estação de São Sebastião, passando por 12 das 55 estações, e tendo como meta a estação do aeroporto, os participantes farão um percurso de 10 km, naquela que já é considerada "a mais fantástica aventura da história subterrânea de Lisboa"!

O metro estará inactivo mas, ainda assim, adivinham-se algumas dificuldades, não só por causa dos carris, mas também nas zonas de cruzamento de linhas e altimetria.

Como é que se poderão inscrever? É fácil! É só irem ao site www.discoverychannel.com.pt/underground, preencher o formulário de inscrição, e elaborarem um pequeno texto onde contem o vosso sonho, paixão, ou a história que vos faz especiais, para serem um dos escolhidos a participar no Discovery Underground Lisboa no dia 12 de dezembro. A inscrição é gratuita! Os 100 participantes serão escolhidos pelo Discovery e a Nos, com base nos melhores textos recebidos. 

Serão aceites as inscrições efectuadas até ao dia 29 de Novembro, sendo anunciados os 100 contemplados no dia 2 de Dezembro.

Ao participarem na corrida, terão também a oportunidade de ser um dos protagonistas no próximo documentário do Discovery Channel.

Por isso, do que é que estão à espera? Se gostam de aliar o atletismo à aventura, de superar novos desafios, e têm mais de 18 anos, esta corrida é para vocês!

 

 

 

 




 

Completa a frase...

desafio.jpeg

 

A Inês do blog O Mundo da Inês desafiou-me a "completar a frase....".

A ideia é completar algumas frases com a primeira coisa que nos vier à cabeça.

 

As regras são estas:

- Completar todas as frases

- Indicar alguns blogs para responderem à tag

- Marcar quem te indicou no post

- Comentar com o link da tua resposta à tag no blog de quem te indicou

 

 

Sou muito...teimosa! 

Não suporto...teimosias! 

Eu nunca...dancei à chuva! 

Já me zanguei...tantas vezes, e por vários motivos 

Quando era criança...era muito comilona! 

Neste exacto momento...estou a responder ao desafio. 

Morro de medo...da morte.

Sempre gostei...de estar sossegadinha no meu canto! 

Se eu pudesse...criava uma instituição para cuidar de animais abandonados (principalmente, gatos)! 

Adoro...dormir! 

Fico feliz quando...estou de férias! 

Se pudesse voltar no tempo...faria tudo da mesma maneira! 

Quero viajar para...neste momento não sinto vontade de viajar! 

Eu preciso...de dinheiro! 

Não gosto de ver...cenas chocantes de violência. 

 

E agora desafio:

 

http://osopromagicodaspalavras.blogs.sapo.pt

http://redemption.blogs.sapo.pt

http://blogdocaixote.blogs.sapo.pt

http://bloganaflor.blogs.sapo.pt

http://palavras_aovento.blogs.sapo.pt

http://umacartaforadobaralho.blogs.sapo.pt

 

 

 

A capacidade de adaptação é uma qualidade?

 

Desde que o Homem existe que este tem vindo a tentar que o mundo se adapte a si e às suas necessidades, ao mesmo tempo que, por sua vez, se vai tentando adaptar ao mundo, e ao que este tem para lhe oferecer.

A mim, o que me parece é que, quanto mais tentamos adaptar o mundo à nossa medida, mais temos que nos esforçar para nos adaptarmos a ele. E nem sempre conseguimos!

Será a capacidade de adaptação o mesmo que resignação? Ou será um sinónimo de flexibilidade? Será uma desistência, ou uma luta pela sobrevivência? Significará uma derrota, ou uma vitória? Um defeito, ou uma qualidade?

Estamos sempre em constante mudança, tal como a natureza. E nem sempre temos aquilo que desejamos, da forma como desejamos, e na altura em que queremos. São-nos lançados vários obstáculos, a que poderemos chamar de desafios. Somos constantemente postos à prova. 

Mas será que fazemos bem em aceitar e adaptar? Ou seria melhor recusar? Lutar de outra forma?

Um cantor está habituado a interpretar um determinado estilo. Quando lhe pedem para "sair da sua praia", e cantar algo completamente diferente, que ele não gosta minimamente. De que forma será mais bem sucedido? Aceitando o desafio e dando o seu melhor, ou rejeitando fazer algo para o qual não está talhado?

Um trabalhador tem uma determinada formação e emprego. Se perder esse cargo mas outro completamente diferente lhe for oferecido, fará melhor em aceitar, ainda que seja algo desconhecido, ou esperar que apareça algo na sua área?

Um escritor está habituado e sente-se mais à vontade num determinado tema. Mas impõem-lhe outro tema sobre o qual não faz ideia do que falar. Deverá, ainda assim, escrever, ou recusar?

Se virmos bem, todos os dias surge algo nas nossas vidas que nos obriga a reagir. E, ou nós nos adaptamos às mudanças, ou passamos o tempo todo inconformados e a reclamar.

Mas, se existem acontecimentos que nos transcendem, e acerca dos quais nada mais resta que pôrmos em prática a nossa capacidade de adaptação (que acho que é o que cada vez mais fazemos e não nos temos saído mal), outros há em que a adaptação está mesmo fora de questão. 

Qual é a vossa opinião?

 

 

 

Tag: De tudo um pouco

Desta vez o desafio veio da Lola, do blog Sandálias e Coentros

 

de tudo um pouco.png

 

 

 

1. Qual o teu estilo de música preferido?

Pop/rock, ritmos latinos.

 

2. Que peça de roupa é a tua preferida do momento?

Calças de ganga elásticas, túnicas ou camisolas compridas, vestidos.

 

3. Qual dos teus vernizes são mais divos?

Não uso verniz!

 

4. Calções ou saia, e porquê?

Calções ou vestidos. Não gosto muito de me ver de saia.

 

5. Cabelo liso ou encaracolado?

Liso, ou com ondulado natural.

 

6. Saltos ou Sapatilhas?

Saltos.

 

7. Brigadeiro ou sorvete?

Sou mais de bolos do que de gelados.

 

8. Doce ou Salgado?

Os dois!

 

9. Como defines o teu estilo?

Simples e prático.

  

10. És do tipo consumista ou só compras o básico?

Usualmente compro o básico mas, por vezes, tenho os meus picos de consumismo!

 

11. Consideras-te vaidosa? 

Todos somos um pouco!

 

http://osopromagicodaspalavras.blogs.sapo.pt

http://lifeofcherry.blogs.sapo.pt

http://aprincesadacasa.blogs.sapo.pt

http://5minutosnaparagem.blogs.sapo.pt

http://omundodaines.blogs.sapo.pt

 

  • Blogs Portugal

  • BP