Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

O que está para além da história de um livro

Imagem relacionada

 

É certo que o que nos capta a atenção em qualquer livro é, sem dúvida, a história que o mesmo nos conta.

Mas há livros e livros.

 

Há livros que se ficam por aí, sem que deles se consiga retirar algo mais que essa história, que lhe serviu de base. Tal como um fruto que, por mais que se esprema, não deita mais sumo.

 

E, depois, há livros que escondem, dentro de si, muito mais que aquilo que aparentam ou prometem. Atrevo-me até a dizer que, em alguns casos, acabam por ser mais significante todas as mensagens e ensinamentos que dele retiramos, curiosidades que aprendemos, ou questões que os autores conseguem fazer-nos levantar e debater, do que a própria história em si.

 

O que é óptimo, quando damos por nós a ler mais uma história igual a tantas outras, sobre a qual não há nada de especial para destacar, mas que acaba por nos convencer com outros argumentos e "armas".

E, mesmo que a história não nos tenha especialmente cativado, acabam por valer a pena serem lidos!

Espero nunca chegar a este ponto

Resultado de imagem para conversa telefónica

 

 

Num dia, em conversa com um familiar:

- O meu telemóvel é básico, não recebe mensagens de imagem. - digo eu

- Que pena. Tinha aqui umas imagens tão giras para te enviar.

 

Uns dias depois:

- Olha, recebeste as imagens que te enviei?

 

 

E isto tem vindo constantemente a repetir-se: eu a dizer a essa pessoa, vezes sem conta, que o meu telemóvel não recebe mensagens de imagens, e a pessoa a continuar a enviá-las, e a ficar muito admirada, como se fosse a primeira vez que eu digo que não dá, de cada vez que pergunta e eu lhe respondo o mesmo.

A velhice é tramada. E é só por isso que tem desculpa.

Espero nunca chegar a este ponto.

O que nunca pode faltar na nossa vida?

doc20160913223942_001.jpg

 

 

Ultimamente, tenho comprado rolos de cozinha com mensagens criativas e inspiradoras.

Estes são uma espécie de lista daquilo que devíamos ter ou viver mais na nossa vida.

Claro que, para colocar aqui todos os items, teria que vos mostrar o rolo inteiro, por isso deixo aqui apenas estas sugestões, e convido-vos a acrescentarem aquilo que não pode faltar na vossa vida, ou que mais gostavam de ter!

 

 

 

 

 

Do Teu Pai, com Amor, de Garth Callaghan

 

Pode ser mais um livro a querer puxar para o sentimentalismo, e com um tema já falado milhares de vezes em tantos outros livros do género mas, ainda assim, este conseguiu prender a minha atenção!

Porque é diferente! Porque fala de coisas simples mas, ao mesmo tempo, tão importantes. Porque fala de relacionamento entre pais e filhos - neste caso, entre pai e filha, de cumplicidade, de ensinamentos, de aproveitar o tempo da melhor forma, de estar perto, mesmo longe...

A história do livro é baseada em factos reais, e o autor é, ao mesmo tempo, o protagonista. Garth Callaghan sentia aquilo que muitos pais também sentem - não ter quase tempo nenhum para estar com os filhos. Mas encontrou uma forma original de estar mais presente: 

 

"Garth Callaghan sentia sempre um aperto no coração por ter tão pouco tempo para a filha. Durante a semana via-a sempre de fugida, de manhã e à noite, e pouco mais. Queria prolongar esses momentos com a pequena Emma, mas não sabia como fazê-lo. Um dia, enquanto lhe preparava a lancheira para a escola, lembrou-se de escrever uma mensagem num guardanapo… Foi a primeira de muitas. Escrevia frases pequenas, inspiradoras, que ajudassem a filha a enfrentar os desafios do dia-a-dia, os testes, as decisões difíceis. Punha no papel pensamentos seus, provérbios de diferentes países ou citações famosas. Até que Garth adoeceu gravemente. Descobriu que tinha um cancro terminal, e que lhe restavam poucos anos de vida. Nunca, como até esse momento, as mensagens lhe pareceram tão importantes. E este livro, estas mensagens, são a prenda de despedida de Garth para Emma. Para a filha, mas também para todos os pais e mães do mundo, a quem o autor insiste em dizer - com os nossos filhos todos os minutos contam, vamos aproveitá-los."

 

Não sabendo quanto tempo de vida lhe resta, Garth Callaghan garante que a sua filha Emma encontrará todos os dias, até concluir o ensino secundário, uma mensagem escrita num guardanapo, a embrulhar-lhe o lanche!

E sabem qual é a outra surpresa que este livro nos reserva? Traz dentro um marcador, e guardanapos brancos para enviarmos, nós mesmos, mensagens aos nossos filhos!

Mais um livro para a minha lista! 

 

 

 

Querem que as pessoas deixem de fumar? Acabem com o tabaco!

tabaco2

Imagem do Público

 

Será que o governo acredita, realmente, que é colocando imagens como estas nos maços de tabaco que as pessoas vão tomar consciência dos malefícios do tabaco?

Será que acredita, de facto, que os maços de tabaco onde elas estão, vão ficar na prateleira ou na máquina?

Será que o governo é assim tão ingénuo ao ponto de pensar que é, desta forma, que as pessoas vão, simplesmente, deixar de fumar?

Há, por acaso, alguém que não saiba que o tabaco mata?

Claro que não! Eles sabem bem que, na prática, esta medida vai ser, literalmente, para "fumador ver"! Obviamente que quem fuma sabe o que está a fazer, quem está a prejudicar, e os riscos associados. Obviamente que quem fuma está farto de ler mensagens sobre os malefícios do tabaco, não só nas embalagens de tabaco, mas em vários outros locais. E já foi informado e criticado milhares de vezes por amigos, familiares e, até, pelo seu médico. E, ainda assim, isso não o fez parar.

Lembro-me perfeitamente do actor Camacho Costa, com um cancro no pulmão, a fumar até não estar mais nesta vida. Como ele, há muitos!

Se o governo deve ficar parado e ignorar, só porque ninguém faz caso? Não! Mas há que pensar em medidas mais eficazes para levar as pessoas a reduzir o consumo, ou acabar com ele.

Eu deixo aqui uma sugestão bem simples "Querem que as pessoas deixem de fumar? Acabem com o tabaco!"