Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Croissants integrais?!

IMG_2618.JPG

O meu marido comprou uma embalagem destes croissants, e deu-me a provar um!

É certo que costumo comprar croissants brioche, que são mais doces, e nada têm a ver com estes. Por isso, ele achou que eu não fosse gostar muito desta novidade.

Mas até não é mau!

Na verdade, embora, sem dúvida, os outros sejam melhores, este que comi hoje ao pequeno almoço, juntamente com um chá verde, soube mesmo bem para desenjoar. E não é que uma pessoa fica saciada com ele?

 

Já provaram estes iogurtes?

IMG_2440.JPG

 

Já estão à venda os novos iogurtes gregos, da Danone, com edição limitada.

Eu comprei estes, de Maçã e Canela, depois de o meu marido me ter dado a provar um, e são muito bons!

Também existem com sabor a Café.

 

 

IMG_2441.JPG

 

Já estes, da Nestlé, encontrei nos sabores Côco e Limão.

Optei por comprar os de limão para experimentar, e são óptimos!

É quase como se estivessemos a comer mousse de limão.

 

E por aí, já provaram estes iogurtes? 

Parece que vai haver mesmo novidades!

 

Não querendo falar muito, para não agoirar, parece que vai haver mesmo novidades aqui neste cantinho.

Já ando a preparar tudo e, se correr bem, vou seguir em frente com a rubrica "À Conversa com...".

Para começar, espero ter como convidadas duas veterinárias e autoras do Livro Cool Dog, que mencionei no post anterior, a banda Candymoon, o cantor Colton Benjamin e a vocalista da banda Silence 4, e autora do livro Nunca Desistas de Viver, Sofia Lisboa.

Desejem-me sorte!

Sobre o primeiro dia de aulas

 

Ontem foi o primeiro dia de aulas deste novo ano lectivo.

Muitas crianças e adolescentes aguardavam há muito por este dia - ou porque já tinham saudades dos colegas e dos momentos passados com eles na escola, ou porque já estavam fartos de estar tanto tempo com os pais, ou ainda porque sentiam saudades de alguns professores e disciplinas, e de aprender coisas novas.

O que é certo é que o entusiasmo do primeiro dia de aulas é notório! Todos levam mochilas novas, material para estrear, a melhor roupa para começar em grande, etc. Mas esse entusiasmo depressa irá passar, dando lugar ao cansaço e tédio provocado por uma rotina e regras a que já não estavam habituados, e ao enorme desejo que as férias de Natal cheguem depressa!

Quanto a nós, tenho a dizer que começámos este ano com novidades:

- o professor de educação física, e director de turma, reformou-se durante as férias de verão, pelo que a turma deve conhecer hoje o novo professor que, possivelmente, irá também ocupar o cargo de director de turma. Não tenho nada contra a reforma do professor, se ele quis e pode, ainda bem. Mas não ficava mal ter avisado os pais dos seus ex-alunos de que não iriam contar com ele no novo ano lectivo. Ainda há dias enviei um email, a questionar sobre a reunião do início do ano, e não obtive resposta. Agora percebo porquê! 

- não sei se por excesso de alunos, falta de espaço ou ambos, e apesar de a escola ter sido reconstruída há poucos anos, foi colocado este ano um contentor, onde a turma vai passar a ter aulas de português e história! 

- no entanto, o ponto alto do dia foi mesmo aquele em que, quando pergunto à minha filha como correu a manhã na escola, ela me responde:

"Correu bem mãe, mas sabes o que é que eles fizeram? Até ficámos parvas! Trocaram a máquina dos chocolates, por uma máquina de água!" 

Este ano lectivo promete!

O Jogo de Ripper

 

A minha próxima compra vai ser mesmo este livro!

 

"Indiana e Amanda Jackson sempre se apoiaram uma à outra. No entanto, mãe e filha não poderiam ser mais diferentes. Indiana, uma bela terapeuta holística, valoriza a bondade e a liberdade de espírito. Há muito divorciada do pai de Amanda, resiste a comprometer-se em definitivo com qualquer um dos homens que a deseja: Alan, membro de uma família da elite de São Francisco, e Ryan, um enigmático ex-navy seal marcado pelos horrores da guerra. Enquanto a mãe vê sempre o melhor nas pessoas, Amanda sente-se fascinada pelo lado obscuro da natureza humana. Brilhante e introvertida, a jovem é uma investigadora nata, viciada em livros policiais e em Ripper, um jogo de mistério online em que ela participa com outros adolescentes espalhados pelo mundo e com o avô, com quem mantém uma relação de estreita cumplicidade. Quando uma série de crimes ocorre em São Francisco, os membros de Ripper encontram terreno para saírem das investigações virtuais, descobrindo, bem antes da polícia, a existência de uma ligação entre os crimes. No momento em que Indiana desaparece, o caso torna-se pessoal, e Amanda tentará deslindar o mistério antes que seja demasiado tarde."