Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

À Conversa com Ciro Cruz

ciro foto promo.jpg

 

Já cá tinha estado, nesta rubrica, no verão. Volta agora para falar um pouco mais sobre o novo álbum "Music", lançado a 30 de setembro.

Aqui fica a entrevista a Ciro Cruz:

 

 

 

Ciro, na última vez que falámos, estava a finalizar o seu terceiro álbum. No passado dia 30 de setembro, ele chegou às lojas digitais. Esse momento traz com ele a sensação de dever cumprido ou, pelo contrário, a de o início de um longo caminho?

Acho que não se trata de um dever cumprido. É mais um projeto realizado e outros projetos virão e já estão em andamento.

 

 

 

ciro cruz music.jpg

 

Sobre o que nos fala este novo álbum “Music”?

O novo álbum MUSIC é um mix de vários estilos musicais que passa pelo Funk, Baião, Flamenco, Fusão e até um pouco de Rap.

 

O álbum é composto por temas cheios de histórias da vida do Ciro. Pode-se dizer que este trabalho é, de certa forma, a sua vida cantada?

Sim, mas neste caso a minha vida tocada. São muitas histórias e eu nunca componho sem antes haver o motivo para a música existir. É sempre inspirada em alguma história ou em alguém.

 

“I Always Need To Dance” é o single de apresentação. Que feedback tem recebido relativamente a esta música em particular, e ao álbum em geral?

Estamos no início do trabalho do álbum MUSIC, mas já deu para perceber que as pessoas se identificam com o single.

 

“Futebol com o Paco” é outro dos temas presentes neste novo trabalho. É-lhe mais fácil exprimir aquilo que lhe vai na alma em português ou inglês?

O tema futebol com o Paco é um tema instrumental. Não há letra. Mas se houvesse seria em Português.

 

 

 

 foto ciro foto2.jpg

 

“Music” conta com várias colaborações e participação de grandes músicos. É algo a que já está habituado? Como correu esta experiência?

Correu muito bem. Para além de serem grandes músicos, são meu amigos. É o principal motivo de terem sido convidados.

 

Para além destas participações especiais, quem são, por norma, os músicos que sempre o acompanham?

Quem me acompanha desde o início é o saxofonista Ricardo Branco. Ele tem sido o meu braço direito. Os outros componentes da banda atualmente são o Nuno Tavares e o Filipe Chaves.

 

Que objetivos gostaria de ver concretizados num futuro próximo?

Eu gostaria que as pessoas, o público em geral, tivessem mais abertura para irem a concertos de musica instrumental para que os artistas que fazem esse tipo de música não desistam

 

Onde pode o público ouvir Ciro Cruz nos próximos meses?

Em novembro estaremos dias 18 na Fnac Cascais e 26 no Lotus (Expo). Em dezembro, dia 7 na Fnac Alfragide, e em São Paulo e Recife (Brasil) a confirmar. Em janeiro, dia 13 na Fábrica da Pólvora em Barcarena.

 

Muito obrigada!

 

 

 

Nota: Esta conversa teve o apoio da editora Farol Música, a qual cedeu também as imagens.

  • Blogs Portugal

  • BP