Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Absentia x The Good Doctor

Comecei a ver estas duas séries do AXN, e o balanço que faço, até ao momento, é o seguinte:

 

Resultado de imagem para absentia

Absentia - começou bem, embora com pouca acção nos episódios seguintes, que fizeram decair a série de um 4 para um 2, até ao 8º episódio, em que voltou a subir na minha classificação, tendo terminado, no penúltimo episódio, com um merecido 5! Estou ansiosa para ver o último episódio, para ver se vale a nota máxima ou se volta a surpreender pela negativa, depois deste súbito despertar.

O que eu sinto, ao ver Absentia, talvez por serem episódios semanais e, além disso, muito "parados", é que parece não estar nada relacionado com nada, e muita informação vai ficando esquecida pelo caminho pelo que, quando se chegar ao último episódio, e a haver, de facto, uma ligação entre todas as personagens e acontecimentos, talvez tenha que rever os episódios anteriores para apanhar o fio à meada.

 

 

Resultado de imagem para the good doctor

The Good Doctor - estou a meio desta série, de 8 episódios, também semanal. O primeiro episódio valeu um 5, seguido do segundo e terceiro episódio com um 4. Nestes três episódios, consegui fazer várias reflexões e os temas abordados surpreenderam positivamente, tornando-a diferente de outras séries do género.

Já o quarto episódio, serviu apenas para mostrar que, por muito gratificante, bondoso e bonito de se ver, que possa ser cuidar de alguém com determinadas limitações, problemas de saúde e doenças, pode ser também muito desgastante e, por vezes, até as pessoas mais pacientes e compreensivas podem atingir, em determinadas situações, o seu limite, e passar-se, como os restantes que, muitas vezes, condenam por essa atitude. Desceu na minha classificação para um 3, e fiquei satisfeita por saber que não alongaram muito a série porque, se não derem a volta, irá continuar em queda até ao final. 

  • Blogs Portugal

  • BP