Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

"Alguém Está A Mentir", de Rachel Amphlett

9789898999641_437x667.jpg

 

Se é verdade que se pode viver aprisionado, ainda que em liberdade, também é verdade que, muitas vezes, ainda que dela privados, nos podemos sentir mais livres.

E se uma tragédia tem o efeito de nos "encarcerar", enredar e prender na sua teia, quem sabe, uma outra, não quebra as correntes que nos prendem, e nos liberta, definitivamente... 

 

No âmbito da parceria com a editora Alma dos Livros, tive oportunidade de ler este thriller, da autora Rachel Amphlett.

E se, pela sinopse, estão à espera de algo ao género dos filmes "Saw", ou "Escape Room", esqueçam. A trama, embora tenha o seu ponto de partida, precisamente, numa escape room, não passa por aí. 

Longe da mecânica, ou eventual erro de funcionamento, deste tipo de experiência, a história por detrás da misteriosa morte de Simon, um dos membros do grupo de amigos que se encontrava naquela sala, leva-nos para outro caminho. Fora daquelas paredes. Até ao fundo da amizade que une aquelas cinco pessoas - Lisa, Bec, Hayley, David e Simon - e que, ao mesmo tempo, parece afastá-las cada vez mais. 

 

Uma coisa é certa: todos alegam inocência, mas todos se sentem culpados. Porquê? De quê?

Todos parecem ter algo a esconder. Algo sobre o qual não querem falar.

Todos estão nervosos, e a agir de forma estranha, desde aquele dia...

O dia em que celebravam o aniversário de Lisa. Provavelmente, o último desta, que não tinha muito mais tempo de vida. O dia em que Simon morreu. E em que Lisa recebeu o transplante de rim (precisamente, de Simon), que a salvou da morte...

Ela foi a maior beneficiada mas...

À medida que vamos avançando na leitura, percebemos que todos tinham motivos para tirá-lo das suas vidas.

E se, no caso de Lisa, ela não se lembra de nada do que aconteceu naquele dia, o mesmo não se poderá dizer dos restantes.

 

A investigação à morte de Simon será, assim, o gatilho que porá a descoberto a fragilidade daquelas amizades, os segredos que escondem uns dos outros, a desconfiança que paira entre eles. 

 

É um livro que, sem grandes floreados e reviravoltas ainda assim, consegue enredar, e agarrar o leitor, logo nas primeiras páginas, numa história bem construída, fazendo-o suspeitar de tudo e todos, à medida que cada um deles tenta narrar os acontecimentos do seu ponto de vista, e lança a suspeita sobre si, ou sobre os restantes amigos.

Será que os nossos amigos confiam em nós e nos contam tudo sobre si. Será que podemos confiar neles, para lhes contar tudo sobre nós? Saberão eles guardar um segredo? Conseguiremos, nós mesmos, fazê-lo? E que preço pagaremos por isso?

 

Alguém está a mentir. Quem? Um deles, vários, todos eles? Mas não seremos, no fundo, todos nós mentirosos, em algum momento da nossa vida?

Uma obra que nos induz a uma leitura voraz e ininterrupta até à última página e que, sem dúvida, recomendo!

 

 

Sinopse
 

"Bec, David, Hayley, Simon e Lisa são amigos desde sempre. No aniversário de Lisa, decidem organizar uma aventura especial e emocionante - o desafio de se evadirem de uma escape room. Aquilo que pensavam que viria a ser uma aventura perfeita tornar-se-ia o maior pesadelo das suas vidas.
Lisa acorda no hospital com uma terrível sensação de angústia e vazio. As suas últimas memórias são de estar naquela escape room a comemorar o seu aniversário com os amigos. Porém, descobre agora que um deles está morto - e que lhe salvou a vida - e os restantes parecem querer evitá-la.
Sem se lembrar do que aconteceu, Lisa está determinada a descobrir a verdade, mas, quanto mais se questiona, mais confusa fica. É então que mergulha nas profundezas do passado do resto dos sobreviventes e se depara com revelações aterradoras.
À medida que recupera, Lisa desvenda um rasto de segredos bem guardados, rumores perturbadores e mentiras desconcertantes. Alguém está a fazer tudo para encobrir a verdade."

 

 

Edição: 10-2020

Editor: Alma dos Livros

Idioma: Português

Páginas: 272

Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller

 

logo_almadoslivros__2-a_154acdc4-4f6d-4d4b-83a7-bd

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.