Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Apanhada de surpresa

images.jpg

 

Sabem aqueles momentos que, por vezes, imaginamos ou desejamos que aconteçam, mas nunca pensamos que realmente venham a acontecer? Pois foi isso que aconteceu.

Já deveria estar habituada. Já não deveria estranhar nem me surpreender.

Afinal, sempre assim foi, desde que era pequenita.

Mas a verdade é que este meu tio consegue sempre surpreender todos quando menos esperamos!

A última vez que o vimos, era a minha filha bebé. Eu tinha casado há pouco tempo com o meu ex-marido. Foi há mais de 10 anos. Depois disso, evaporou-se. Nunca mais deu notícias, nem sinal de vida.

Ao longo desses anos, a minha filha cresceu. Eu, envelheci. Divorciei-me e voltei a dividir a minha vida com alguém. O tempo não parou. Nunca pára.

Ao longo desses anos, imaginei se algum dia ele iria aparecer aqui de novo, voltar a ver-nos, dar notícias, explicar por onde tem andado e o que tem feito, partilhar connosco as suas tristezas e alegrias...No entanto, achava pouco provável que isso viesse a acontecer.

E então, num dia igual a tantos outros, numa hora de almoço igual a todas as outras, estava eu na casa dos meus pais a almoçar, batem à porta. Quem era?

O meu tio!

 

  • Blogs Portugal

  • BP