Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Aviso: post susceptível de gerar indisposição!

transferir (1).jpg

 

Ontem foi um dia para esquecer.

A minha filha chegou a casa no sábado, depois de passar o dia com o pai, a queixar-se de dores de barriga.

De madrugada, começou a diarreia. Levantei-me, fui ver o que se passava, fiz-lhe um chá e depois, quando me voltei a deitar, demorei a adormecer.  

Ontem de manhã, a primeira coisa que faço é limpar o caixote da gata. Acabo de limpar, faz cocó! Limpo novamente. A minha filha, que entretanto já tinha tomado banho e vestido roupa lavada, não aguentou do quarto até à casa de banho, e teve que tomar banho outra vez. E eu pôr a roupa suja a lavar. E a ter que levar com o mau cheiro.

Eu sei que sou conhecida por ter um estômago contra todas as adversidades, de lidar bem com a limpeza, com os maus cheiros e afins, sem ficar mal disposta ou vomitar. Mas isto já é demais.

Ontem, até eu já estava a ficar enjoada.

E como se já não bastasse este cenário ainda vejo, ao vir da farmácia, um gato morto no passeio, em estado de decomposição.

Quanto à minha filha, depois de uns chás, ultra levur e imodium rapid, e umas horas de descanso, conseguiu melhorar da diarreia e das cólicas.

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 1 comentário

    Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.