Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Barbaridades que se ouvem por aí...

What - Free communications icons

 

Bárbara deixou claro o seu ponto de vista: “Escusas de tentar porque não vai acontecer nada“. André acabou por questionar: “Não me vais dizer que és lésbica, pois não?“.

Confrontada com uma questão sobre a sua sexualidade, Bárbara respondeu: “Não, não sou. Por acaso não sou“. André não ficou por aqui e acrescentou: “Só se fosse isso“.

 

A sério que existem, em pleno século XXI, pessoas que pensam desta forma?

Que acham que uma mulher/ homem, não querendo nada com alguém, é porque só pode gostar do sexo oposto?

Que se acham tão irresistíveis, que só essa hipótese justificaria a falta de interesse? 

Quando uma pessoa acha que já ouviu todos os disparates, alguém vem mostrar que há sempre espaço para mais!

 

5 comentários

Comentar post