Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Bruna Gomes: mal acabou de sair, e já voltou a entrar!

Bruna-Gomes-4.jpg

 
Sobre a decisão da Bruna Gomes, de participar no BB - Desafio Final, muito se tem dito, especulado, opinado, criticado e condenado.
 
Acredito que um programa como este é muito desgastante a nível físico e emocional. Também acredito que, indo a pessoa mentalizada para um determinado período em jogo, quando se aproxima do final, a pessoa sente um misto de querer sair e recuperar, estar com os seus, matar saudades, e a tristeza de nunca mais voltar ali àquela casa, de ser o fim.
 
Ainda assim, se fosse eu, estando mentalizada para, no máximo, 2 meses, e depois de ter vivido tantas emoções, saber que ainda teria mais 5 semanas pela frente, estando já a acusar cansaço, dificilmente aceitaria voltar.
Por outro lado, a Bruna tem a vantagem de já estar com o andamento do jogo. Pareceu-me estar ainda com a adrenalina toda e, como tal, poderá ter pensado que mais 5 semanas passam num instante.
 
Talvez ela tenha querido prolongar a experiência, por ter gostado até ali e querer saborear mais um pouco.
Talvez ela tenha querido, numa perspectiva que conquistar os seguidores portugueses, ter mais este tempo de visibilidade e dar-se a conhecer ainda mais. E desta vez, sem romance.
Não sabemos se o contrato dela já previa esta participação.
Se, a nível financeiro, lhe dará jeito mais estas semanas a receber.
Não sabemos de que forma a Cristina Ferreira e a produção poderão ter convencido ela a tomar essa decisão, já que ela era uma das concorrentes mais querida e era boa para as audiências.
 
E, apesar de a Bruna ter dito que tinha que ir buscar o primeiro lugar (e é natural que ela queira ganhar), acredito que aquilo foi dito em tom de brincadeira.
Mas foi o suficiente para a apelidarem de ambiciosa, de dizerem que foi com muita sede ao pote. Mas... Não foram todos?! Não estão lá todos, depois de já terem participado, a tentar levar o prémio? A tentar conquistar a vitória que lhes escapou?
As únicas pessoas que nem deveriam estar ali, foram as que já venceram uma vez.
Se olharmos para trás, a Joana Albuquerque tinha acabado de sair de um BB, quando entrou logo a seguir naquele que venceu.
Mas a visibilidade, o recordar que estão cá, que querem ter oportunidades, o valor pago à semana são, na minha opinião, os principais motivos.
 
Independentemente do motivo que tenha levado a Bruna a participar no Desafio Final, se foi uma decisão acertada ou não, é outra questão.
A Bruna vem de uma casa mais pacífica, em que era muito querida e protegida por muitos. Ainda assim, teve aquela crise de ansiedade, por conta do jantar em que a Sara a confrontou.
Agora, está numa casa com pessoas totalmente diferentes, com competidores, e este desafio vai pô-la ainda mais à prova. Não sei se a nível psicológico, lhe fará bem.
Pensei que seria difícil adaptar-se aos novos colegas mas, até agora, surpreendeu-me pela positiva. E a Ana Barbosa já a colocou debaixo da sua asa. Estou a gostar de ver as duas.
 
Se ela tem hipótese de ganhar? Não acredito. Não ganhou o anterior, e agora tem mais gente contra ela, e adversários mais fortes.
Considero até que, a não ser que lhe tenha sido prometido o prémio ou, pelo menos, a presença na final, nem ao pódio subirá, desta vez.
 
Relativamente ao Bernardo, não acho que ela devesse ter negado a entrada, apenas porque namora com ele. O que considero é que poderia, embora o tenha feito disfarçadamente (coincidência ou preparação), ter avisado antecipadamente o Bernardo, de que iria entrar. Uma conversa franca. Afinal, a produção permite tanta coisa que não deveria, porquê esta necessidade de sigilo dela para com ele?
 
Ainda assim, quero destacar a atitude do Bernardo!
Apesar de tudo o que ele pudesse estar a sentir, em nenhum momento ele deixou de a defender e apoiar, mesmo não concordando.
Agora, e como mulher decidida e independente que é, ou se quer mostrar, só tem que assumir a sua decisão, e o que ela lhe trouxer, de bom, ou menos bom.
 
 
Imagem: Maria
 

3 comentários

Comentar post