Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Coisas que me irritam - pessoas que não deixam as coisas conforme as encontram

Resultado de imagem para irritada

 

Sabem aquela porta que está fechada e, como tal, têm que bater ou tocar à campainha para que se abra? 

Ela estava fechada por algum motivo. Então, porque é que, depois de entrar, as pessoas insistem em deixá-la aberta?

 

E aquela tampa do frasco que não estava colocada, mas sim a fazer de suporte para o mesmo, durante dias e dias. Porque é que, quando mexem no frasco, o tapam?

 

Poderia dar tantos outros exemplos, de como as pessoas têm uma tendência a nunca deixar as coisas da mesma forma que as encontram, mas nunca mais sairia daqui.

E não, isto não é ser picuinhas, metódica ou manienta. É ter a noção de que as coisas estavam como estavam por algum motivo e, na dúvida, não custa perguntar, ou perceber antes como estavam, para deixar da mesma forma.

 

Porque é irritante termos que ser nós a fazer, uma vez atrás da outra, aquilo que os outros deveriam ter feito logo.

E por aí, também vos acontece?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    marta-omeucanto 28.01.2020 19:02

    Se fosse só à primeira, ainda tinham desculpa. Mas nem à primeira, nem à décima. Fazem sempre o mesmo.
    E acho que nem com desenho lá vão.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.