Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Detesto chuva!

Resultado de imagem para chuva

 

Que belo Verão de S. Martinho aqui está. A chuva não dá tréguas.

E eu detesto chuva.

 

São as janelas que não se podem abrir. É o chão da entrada que está sempre molhado, por conta de guarda-chuvas e casacos a pingar.

É a roupa que não se pode estender, e tem que secar na máquina.

 

É não poder andar na rua à vontade, sem levar com chuva. É o calçado que não está preparado para grandes chuvadas. As calçadas estragadas que acumulam poças de água e não sabemos onde pôr os pés. E o vento, que vem sempre a acompanhar.

Detesto chuva.

 

Principalmente, quando chove mesmo nos momentos em que temos que ir à rua. Quando chove sem parar, e sem dar sinal de querer parar.  

Quando temos que andar de guarda-chuva, e ainda esperar que os carros passem, para depois passarmos nós, porque não há espaço, ou porque nos arriscamos a um banho extra.

 

Detesto chuva

Sobretudo, quando sentimos que quase não conseguimos respirar.

E quando vem o nevoeiro, que ainda torna o ambiente mais pesado.

Detesto chuva, quando me deixa de mau humor, e me leva as boas energias com ela.

 

Gosto de chuva... quando estou em casa, à noite.

Quando sei que não tenho que sair para a rua.

Quando sei que vem um aguaceiro mas, depois, dali a pouco, o sol volta a aparecer e a dar tréguas.

 

Mas hoje, agora, não.

Estou com a neura, por conta dela.

E só me apetece mandá-la a um sítio que eu cá sei!

 

Já vos disse que detesto chuva?!

Nem sempre, mas hoje sim!

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    marta-omeucanto 11.11.2019 14:31

    O facto de eu compreender que a chuva faz falta e é fundamental para a nossa vida, não significa que eu seja obrigada a amá-la. Eu chamar-lhe-ia, muitas vezes, um mal necessário.
    Muita gente não gosta dela e preferia o sol mas, a chuva faz falta.
    Prefiro ser egoísta, do que ser hipócrita ao ponto de dizer que fico feliz de cada vez que ela vem.

  • Sem imagem de perfil

    Rodas 11.11.2019 14:53

    Agora a sério.
    Eu penso mais ou menos como a Marta.
    Sei que a chuva é fundamental à vida; assim como o sol e todos os elementos que nos rodeiam.
    Só fico chateado, quando "ela" me cai nas costas, ou quando provoca mortes e estragos consideráveis. Mas isso são contingências da vida para o qual temos que estar preparados, e eu, apesar de não gostar, já me habituei a ter que conviver com estas situações e a respeitá-las.
    Aliás, aprendi com um padre amigo, uma frase que se todos tentássemos seguir, talvez não custasse tanto a enfrentar aqueles dias mais tristonhos.
    Cá vai ela: Hoje estou feliz, porque está um BELO dia de Inverno...
    Eu até concordo! mas no Verão, fico MUIIIIIIITO mais feliz.
  • Imagem de perfil

    marta-omeucanto 11.11.2019 15:07

    Haja alguém que me compreenda
    Não é algo no qual possamos mandar, ou sobre o qual decidir. Nem quero imaginar o que seria se assim fosse, cada um a puxar a brasa à sua sardinha. A esta hora já S. Pedro estaria internado no Júlio de Matos.
    É algo que está para além de nós, mas que nos afecta das mais variadas maneiras, e nem sempre conseguimos ver o lado positivo que, efectivamente, tem.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.