Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Feira Mensal de Mafra

 

Finalmente, o regresso!

Há uns anos atrás, eram muitas as pessoas que estavam de acordo com a fim desta feira, realizada todos os terceiros domingos de cada mês, junto ao Palácio Nacional de Mafra. Principalmente os comerciantes que se sentiam prejudicados, tanto pelos preços praticados como pelo alegado "roubo" de clientes. Ou pela falta de limpeza pós-feira e desvalorização do Convento de Mafra.

A sua vontade veio a ser satisfeita quando, no âmbito das obras de requalificação da área envolvente do monumento, a feira foi suspensa. 

Apesar dos protestos daqueles que defendiam a realização da feira, ainda que pudesse ser transferida para outro local, ficámos mesmo sem feira.

Naquela altura (e durante muitos anos), esta feira acolhia uma imensidade de pessoas que ali compravam produtos mais em conta, que não podiam comprar nas lojas. Eu era uma dessas frequentadoras assíduas.

Mas, coincidência ou não, acabou a feira e abriram as lojas dos chineses! As pessoas acabaram por compensar uma coisa com outra, até porque se mantiveram aqui bem perto a feira da Malveira (todas as quintas-feiras) e a da Encarnação (todos os primeiros domingos de cada mês), para quem as preferisse.

Este ano, no entanto, a feira vai mesmo voltar, já a partir de 16 de Março, com instalação no Parque Intermodal onde, aparentemente, existem melhores condições para o exercício comercial e para acolher os visitantes, nomeadamente ao nível do estacionamento, assim como localização privilegiada, dinamizando o centro de Mafra, face à expansão natural da vila.

A minha dúvida é se, hoje, a feira voltará aos seus tempos de glória, ou se nada será como antes.

Seja como for, será benvinda!

 

(quem sabe não é desta que compro tecido bonito e barato para mandar fazer cortinados novos)

 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP