Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Fomos ao cinema ver "The Nun"

Imagem relacionada

 

Assim que soube que iria estrear em setembro, disse à minha filha.

Ela quis logo ir ver. O meu marido também.

Aproveitámos este domingo em que estávamos todos juntos para ir ao cinema.

 

Tínhamos receio que a sessão esgotasse, mas o que vale é que as pessoas, por norma, preferem ir aos shoppings, e não tanto para aquele cinema, por isso tivemos sorte.

Não sou muito fã deste género de filme, mas tinha visto em casa o The Conjuring - A Evocação, onde aparecia Valak e, sendo este filme passado antes, fiquei curiosa.

 

O flme está bem conseguido, ainda nos pregou uns quantos sustos, e a freira é realmente aterrorizante.

 

Tanto que, durante as filmagens de algumas cenas noturnas no castelo, um morcego invadiu uma das tendas onde se encontrava Bonnie Aarons, a atriz que dá vida à temível freira, e estava caracterizada como tal, e ficou tão atordoado com a visão que precisou de auxílio de um dos membros da equipa de efeitos visuais, para conseguir sair da tenda!

 

Às tantas, não sabemos que personagens são reais, ou apenas meras visões. 

Tudo começa com o suicídio de uma freira, num convento, na Roménia.

O Vaticano envia, então, um padre e uma noviça para investigarem o ocorrido, e garantir que o local ainda é sagrado. A ajudá-los, apenas um residente local que costuma levar mantimentos ao convento.

Apesar de a situação ser grave, e de o padre e a noviça ficarem entregues à sua sorte naquele local, existem cenas caricatas e engraçadas.

 

Pessoalmente, talvez porque não acredite muito nestas coisas dos demónios, espíritos malignos e exorcismos, prefiro filmes de terror baseados em algo mais real e actual.

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 7 comentários

    Comentar post