Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Matrículas para o 10º ano

Resultado de imagem para ´portal das matriculas

 

Ontem saíram, finalmente, as notas das provas finais do 3º ciclo, e as notas finais de ano.

Houve notas mais baixas a português mas, ainda assim, menos negativas a esta disciplina, do que a matemática, cuja prova era mais fácil e na qual, a maioria, teve notas mais altas que nos testes ao longo do ano.

Aproveitámos para trazer o impresso da matrícula, e começar a preencher em casa.

 

 

Hoje fomos à escola para realização da dita matrícula.

Podíamos tê-lo feito pela internet, através do Portal das Matrículas.

Mas ainda bem que decidimos ir pessoalmente.

 

 

Aqui na escola da minha filha houve, na minha opinião, uma uma má organização de todo este processo.

Presencialmente, as matrículas eram apenas hoje, das 9 às 13 horas, sendo que 3 turmas iam para uma sala, e as restantes (o dobro), para outra sala, onde calhava a da minha filha.

Era uma fila única, mas cada director de turma chamava pelos alunos da sua turma e, se houvesse alguém que tivesse feito a matrícula online, e apenas fosse entregar os documentos, passava à frente porque era um processo mais rápido.

O que vai em sentido contrário ao que vinha nas indicações, de que quem fizesse a matrícula pela internet entregaria a documentação na nova escola.

Os restantes estavam dependentes da utilização dos computadores disponíveis, pelo que percebi, dois por turma.

 

 

Embora tivessemos uma fila enorme de pessoas à nossa frente, e de alguns, nas situações que expliquei atrás, terem passado à frente, até chegámos à sala com relativa rapidez.

Mas, dentro da sala, era um caos. Pais, alunos e professores, numa sala cheia de computadores, a darem orientações à vez, enquanto cada um de nós dava início à matrícula online.

Foi uma óptima decisão termos ido pessoalmente porque, em três ou quatro passos, surgiram dúvidas, havia truques e era preciso enganar o sistema, para conseguirmos avançar e que, só lá, sob supervisão e com ajuda, conseguíamos ultrapassar.

Em casa, sozinhas, teríamos, na certa, feito asneira.

 

 

E pronto, a matrícula está feita, com a minha filha a aguardar colocação na escola e curso pretendido.

Foram feitas as últimas despedidas dos professores presentes, e das auxiliares que a acompanharam ao longo dos 5 anos, com desejos de muita sorte e sucesso na nova etapa que a espera.

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 2 comentários

    Comentar post