Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Oh não, outra vez os Lusíadas!

Resultado de imagem para os lusíadas

 

 

 

Imaginem os alunos a ler 20 estrofes dos Lusíadas, e a ter que responder a diversas perguntas sobre aquilo que acabaram de ler, sem qualquer explicação ou orientação.

Não dará bom resultado, por certo.

Quando acabam de vir do Auto da Barca do Inferno, que é muito mais cativante, torna-se ainda mais difícil mostrar interesse nesta obra.

 

Eu já não me lembro muito bem do que falei na altura, quando era eu a aluna. Mas sei que, ontem, a olhar para aquelas estrofes que a minha filha tinha que ler, não percebi nada!

Tive que ler várias vezes, para conseguir retirar de lá umas "pingas", apesar de muito espremer.

Claro que, depois de ver a análise daquele excerto, tudo começa a fazer mais sentido.

 

Para mim, Lusíadas tem que ser dado em aula. Tem que ser uma obra analisada e explicada em conjunto por alunos e professores. Não se pode esperar que os alunos cheguem ali e percebam o que está lá escrito, implícito, o que é para reter e perceber, quando nem sequer a linguagem percebem.

 

Penso que, para a maioria dos estudantes, os Lusíadas continuam a ser o pesadelo da escola, na disciplina de português, e nos exames finais!

 

Deixo-vos aqui esta opinião sobre a inclusão do estudo desta obra nas escolas: https://www.publico.pt/2015/02/22/sociedade/opiniao/o-ensino-de-os-lusiadas-1686615

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    marta-omeucanto 18.01.2019 10:44

    Uma coisa é pedir aos alunos que leiam, e tentem perceber, porque irão falar disso na aula seguinte. Outra é pedir que leiam e respondam às questões.
    Há professores, e professores...
  • Sem imagem de perfil

    P. P. 18.01.2019 17:07

    Há pouco, ao levar a minha mãe à cabeleireira, pensava exatamente neste teu post e no que dissemos. Assim se explica que enquanto uns professores sofram desgaste psicológico pq investem qs s/ tempo na procura das melhores estratégias e outros... Enfim, nada que nunca tenha visto. Mas são estes os que melhor se safam na avaliação de desempenho, na vida... É triste e irritante. Eu penso q mesmo como TPC a ser debatido na aula, a estratégia pode desmotivar muitos. No 7. ano já lia obras do 12.o Como sabes sou da área científica. Quando cheguei ao 9.o e li pela 1.a x alguns textos do livros assustei-me. Não entendia aquele português, não sabia lê-lo (sempre fui o leitor da turma). O q aconteceria caso não tivesse tido um bom orientador? Só tenho uma resposta, insucesso.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.