Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Primeiro dia de praia de 2019

Imagem relacionada

 

Com uma pausa na maratona de testes, e o bom tempo a convidar, ontem fomos à praia.

Foi o nosso primeiro dia de praia de 2019.

 

 

Ao pegar no saco que costumo levar para a praia todos os anos, descobri um pacote de bolachas que ficou por lá esquecido desde o último verão, e a parte de cima de um biquini que, de tantos meses ali enfiado, e húmido, estava com a parte da frente, onde tinha uma aplicação de metal, completamente ferrugento, ou seja, estragado!

Mas adiante...

 

 

No caminho do carro até à praia, íamos todos arrepiados.

E, por azar, esquecemo-nos de levar casacos.

A verdade é que o tempo ontem estava bem mais fresco que no sábado, e na zona da praia ainda mais do que onde moramos.

Mas convencemo-nos que, lá em baixo, na praia, estaria certamente mais abrigado.

 

 

A praia não estava muito cheia, felizmente. Havia espaço para estarmos à vontade e, como ainda não começou a época balnear, os senhores dos chapéus de palha estavam a deixar-nos usufruir, à borla, dos mesmos.

 

 

Ainda arrepiada, não consegui molhar nada além dos pés, na primeira ida à agua.

A água estava gelada. Pelo menos para mim.

A maré estava cheia, apesar de não parecer.

Apenas a minha filha e o meu marido deram uns mergulhos.

 

 

Apanhámos sol, que tão bem soube.

Jogámos raquetes.

Fomos ao banho novamente e, por força das circunstâncias, lá acabei por me molhar toda. As ondas estavam mais fortes, e havia remoinhos, para além de estar a puxar, pelo que tive que entrar para segurar a minha filha.

Soube bem!

 

 

À vinda, pela estrada à beira mar, foi bom matar saudades dos tempos de praia, a ver as pessoas no passeio a caminhar ou a correr, e observar o mar ao lado, as praias a dar sinais do que está por vir, e a natureza a preparar-se para o verão.

 

 

Adoro praia!

Que venham mais dias assim para aproveitar!

 

  • Blogs Portugal

  • BP