Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Quase três horas à espera da afixação das turmas!

Resultado de imagem para turmas

 

Liguei ontem para a nova escola da minha filha, para ver se me sabiam informar quando seriam publicadas as turmas.

Informaram-me que seria ontem, a partir das 18 horas, e que deveria ir antes das 20, porque senão o porteiro não deixaria entrar.

 

 

A minha filha chegou lá já passava das 18.30 horas. Ainda não se sabia de nada. Os portões estavam fechados, as turmas por afixar. 

A essa hora, já estava um grande grupo à espera, desde as 18 horas.

Eu saí do trabalho, e fui ter com ela à escola. Cheguei perto das 19.30 horas. Ainda nada. Apenas a informação de que estavam para sair, e que o horário tinha sido alargado até às 21 horas.

 

 

Estava um frio de rachar, vento, já doía os pés à maioria das pessoas.

Algumas desistiram. Outras, foram chegando.

Perto do portão, um grupo de jovens a fazer adivinhar onde a minha filha se vai meter!

Sempre que saía um professor, dizia que estava quase. Que já estavam a ser afixadas.

Ah e tal, mais 20 minutos.

Já eram 20.30...

 

 

Quando, finalmente, perto das 21 horas, abriram o portão, era ver todos a correr para o local, para chegar primeiro, e conseguir ver a sua turma.

Tentámos no bloco mais vazio, mas era do 12º ano.

Voltámo-nos para o outro lado. Toda a gente ao molho, como se estivessem ali a entregar notas de 100 euros ao pessoal.

Espreitámos numa das pontas. Eram do 11º ano. Fomos à ponta contrária. Eram turmas dos cursos tecnológicos.

Para nosso azar, as turmas que queríamos estavam no centro, no meio da confusão.

 

 

Lá conseguimos furar.

Encontrei a turma de Artes. Abaixo, duas de Línguas e Humanidades. Ela não estava em nenhuma.

Estiquei-me um pouco, para ver as do lado. Lá encontrei o nome dela!

Só tive tempo de tirar uma foto, e tivemos que sair dali antes que ficássemos entaladas.

 

 

E sim, acaba por ser uma estupidez termos ido todos a correr ver as turmas ontem, quando as mesmas vão ficar ali afixadas por algum tempo, e poderíamos vê-las com mais calma, noutra altura.

É o que eu tenciono fazer.

Mas a maioria dos que ali estávamos queríamos ter a confirmação de que os nossos filhos ficavam colocados na escola escolhida.

 

 

Em casa, com calma, percebemos que não há um único aluno conhecido da minha filha na turma dela. Escola nova, colegas totalmente novos.

À partida, terá as disciplinas que escolheu. Pelo menos, aparecem lá, com a cruzinha assinalada em alguns dos alunos da turma. Provavelmente, terá essas disciplinas com alunos de outras turmas que também as tenham escolhido.

 

 

Esperemos que não seja uma saga idêntica quando saírem os horários!

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 5 comentários

    Comentar post