Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Se Conhecessem a Minha Irmã, de Michele Adams

Resultado de imagem para se conhecessem a minha irmã michelle adams

 

Irini foi dada pelos pais, em criança, e foram os tios que a criaram.

É a irmã rejeitada, a criança que ninguém quer.

Mesmo em adulta, quando a sua irmã insiste que ela deve ir ao funeral da mãe, e a obriga a hospedar-se na casa da família, o próprio pai lhe diz que não deveria ter vindo.

Irini só quer saber porque foi dada. Porque razão não quiseram os pais ficar com ela. Mas ninguém parece querer falar do passado, ou dar-lhe qualquer justificação.

 

Elle foi a irmã com quem os pais decidiram ficar. A irmã que todos quiseram impedir de se aproximar de Irini, sem sucesso, ao longo dos anos. A eleita, a escolhida, a preferida de todos...Será mesmo?

Elle é aquela pessoa, a única que liga Irini ao passado e à família, da qual Irini quer fugir mas, ao mesmo tempo, da qual não se consegue afastar.

Elle acaba sempre por encontrar a irmã, por mais que esta lhe troque as voltas.

 

À medida que vamos lendo o livro, vamos conhecendo uma Irini muito passiva, que se deixa comandar, que está disposta a tudo para não ficar sozinha, mesmo que isso implique lidar com mentiras que ela sabe que o são, e aceitar que só estão com ela por interesse. Tudo é preferível à solidão, à rejeição. Tudo por uma vida minimamente normal.

 

Elle é uma mulher bipolar. Tão depressa trata bem a irmã, como o contrário. Tão depressa a protege, como a ameaça. Tanto se porta como uma mulher adorável, como se mostra uma cabra.

O pai de ambas parece um homem sem vontade própria, que cede às vontades de Elle e faz o que ela quer, temendo-a.

 

Como foi que a mãe de Irini e Elle morreu, e o que pretende Elle com a presença de Irini onde não é desejada?

Dias depois, o pai de ambas é encontrado morto, no mesmo dia em que Irini regressa a casa, deixando para trás tudo e todos. Elle desaparece misteriosamente, e Irini percebe que o testamento a deixa como herdeira do pai.

A polícia vai querer saber o que tem Irini a ver com tudo isto, e de que forma está implicada.

E se ela não for quem julgamos que seja?

 

E se, afinal, tivermos estado enganados desde o início, e as coisas forem totalmente opostas àquilo que julgámos ser verdade? Haverá ainda alguém para desvendar o mistério?

  • Blogs Portugal

  • BP

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.