Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Acordar cedo

Resultado de imagem para acordar cedo

 

Chega D. Becas ao quarto, por volta das 5 da manhã.

Sobe para cima da cómoda, e começa a atirar com os brinquedos da Amora para o chão.

Sabe que, provavelmente, a Amora, que ainda dorme comigo, vai acordar e levantar-se, obrigando-me a levantar também.

Mas, se a técnica não funciona, pode sempre empurrar a porta do quarto, puxar-me os cabelos ou, como é costume, começar a morder a Amora.

 

 

Portanto, todas as manhãs, fim de semana incluído, levanto-me às 5 horas, ainda meio a dormir, para colocar ração nos comedouros, e volto para a cama, para aproveitar aquela hora e pouco que falta para me levantar de vez.

Com sorte, não me chateiam mais. Com azar, ainda me levanto mais uma ou duas vezes para as separar.

Esta madrugada, por exemplo, tive que ia acudir à Becas, que estava com a unha presa no robe da minha filha, atrás da porta do quarto dela!

 

 

O despertador toca a primeira vez, para me avisar que tenho cerca de meia hora para ficar na ronha. Quando toca a segunda vez, é mesmo para me levantar.

As luzes ainda estão ligadas mas, pouco depois, desligam-se. 

Está mais noite do que dia (venha a mudança da hora para ver se nos levantamos com claridade).

Nem sequer dá para perceber bem se vai estar bom tempo ou se vai chover.

 

 

Enquanto puxo as persianas para cima, ainda cheia de sono, apercebo-me que mais pessoas se levantam à mesma hora, pelas luzes acesas dentro das casas, que vejo pela janela, ou por um ou outro carro que sai do estacionamento. Ou pela vizinha do lado, que já anda por lá a fritar com as filhas, e a empurrar os móveis contra a parede.

Chamo a minha filha. Sei que ela vai ficar a "marinar" na cama durante alguns minutos mas, volta e meia, volto lá, só para confirmar que, entretanto, não voltou a adormecer!

 

 

Depois, é a rotina habitual e, quando dou por isso, já é dia. O sono já se conformou e deu umas tréguas temporárias.

Não gosto de acordar cedo.

Não que seja pessoa de dormir manhãs inteiras. Na verdade, acordando por volta das 8 ou 9 horas já me chega.

Mas não gosto de ser obrigada a acordar antes das 7 da manhã!

 

 

E, quando chega ao final da semana, o sono está muito acumulado e falta energia. Ainda mais, sabendo que no fim de semana, não será diferente!

Sim, porque ao fim de semana, as duas bichanas acordam-me várias vezes, até me fazerem levantar definitivamente por volta das 8 da manhã.  

  • Blogs Portugal

  • BP