Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Séries que terminam sem final

Resultado de imagem para the end

 

Se há coisa que me irrita é andar a seguir uma determinada série, por vezes, por mais do que uma temporada, e chegar ao fim como se a série tivesse apenas feito uma pausa temporaria e, por isso, sem final, para depois nunca mais voltar.

Sabemos que o que dita a continuação ou cancelamento de uma série são as audiências e, quando elas baixam, não há quem a salve, mas cabe a quem produz as séries fazer as coisas de forma a que, caso não haja renovação, faça sentido a história acabar ali mas, ao mesmo tempo, deixando algo que faça sentido e que nos deixe curiosos, para o caso de virem novas temporadas.

 

É que até podemos ter uma imaginação muito fértil, e criar nós mesmos o final de acordo com o que gostavamos que acontecesse, mas fica sempre aquela sensação de que gostaríamos de ver como os autores nos surpreenderiam, e de que forma terminariam eles a sua série.

Assim, parece que andámos a perder tempo em vão, e deixa-nos de pé atrás quanto a seguir novas séries. 

Sobre o programa Super Nanny

Resultado de imagem para super nanny

 

Eu resumiria o programa numa simples frase: 

"Exploração de crianças que nunca deveriam ser expostas desta forma, consentida pelos pais que nunca deveriam submeter os seus filhos a este circo, para dar audiências à Sic, que deveria ter vergonha na cara, e ajudar estas famílias sem as colocar em frente às câmaras!"

 

No domingo, tinha a televisão na Sic e estava a dar o programa quando fui à sala. A minha filha quis ver, e acabei por ver um pouco também.

Não vi a parte das birras, mas contei à minha filha algumas das birras que ela própria fez, e tudo o que, com elas, veio em termos de acções condenáveis. Ela ficou admiradíssima por ter feito tudo isso, não se recordava já.

Perguntei-lhe como se sentiria se, no lugar daquelas crianças, fosse ela ali na televisão, a ser vista por toda a gente, a fazer as ditas birras. Respondeu-me que se sentiria mal e não ia gostar.

Está tudo dito. Quem realmente precisa de ajuda, procura-a, mas de forma particular. Não para ganhar dinheiro expondo-se a si, e aos seus filhos, para o mundo, no ecran.

Para isso, contratem atores para simular cenas reais, que o resultado é o mesmo.

A primeira gala do The Voice Portugal

No geral, senti que, de tanto quererem dar o seu cunho pessoal, acabaram por estragar a maior parte das músicas.

Não percebi muitos gestos feitos pelos concorrentes, numa clara imitação do Salvador Sobral. Será por estar na moda essa postura?

 

 

Foto de The Voice Portugal.

Gostei da escolha da Diana, que até começou bem, mas depois descarrilou. Não sei explicar, mas não gosto da forma como canta. À excepção da prova cega, nunca mais me convenceu em nenhuma das atuações.

O Joaquim não esteve tão bem como das outras vezes, e fica a dúvida se terá sido uma boa escolha da mentora.

Desta vez, não gostei de ouvir a Cláudia Pascoal no tema que escolheu. Muitas das pelavras, nem sequer se perceberam. O que é diferente pode ser bom. Mas a diferença forçada, não. 

A Ana Paula canta num registo que não é o meu favorito, e cada vez me custa mais ouvir cantar neste registo, sem me doer os ouvidos, pelo que é difícil ouvir as prestações dela e, assim, avaliar.

Finalmente, a Aurea tomou a decisão acertada de mandar para casa a Diana.

Ana Paula e Cláudia Pascoal, por escolha do público, e Joaquim, salvo pela mentora, seguem para a próxima gala.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

O Simão arriscou com um tema de Shawn Mendes que o favoreceu bastante no início, mas o levou a perder-se do meio para a frente.

A Salomé é daquelas concorrentes que oiço, mas não me diz nada.

O Fábio esteve bem melhor que nas atuações anteriores.

A Inês quis interpretar uma diva, mas a diva Inês ontem não apareceu. Espalhou-se ao comprido, com a escolha desta música, nem parecendo a mesma Inês que ouvimos nas outras atuações.

Desta equipa, foi eliminada a Salomé.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

Desta equipa, destaco a Vanessa, pelo progresso que mostrou na forma como canta. Desta vez, sem gritar, mostrando uma Vanessa mais contida, e com a voz a sair muito melhor e mais bonita. Ainda assim, gostei da escolha do Anselmo, de ficar com a Marta, depois de a Telma e a Kátia terem sido salvas pelo público.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

A equipa da Marisa concentra alguns dos potenciais vencedores. Quem sabe este ano não lhe calha a ela a vitória.

Já vimos que o Tiago Nacarato tem um grande apoio do público. A sensação que tive, quando o ouvi, foi a de estar a ouvir uma música brasileira, cantada em português, e a não soar muito bem aos ouvidos. Só depois percebi que era uma música 100% portuguesa, do Rui Veloso.

O que é certo é que o Tiago já se encontra em estúdio a produzir o seu primeiro disco de originais, que deverá ser editado no final do próximo ano. Ainda hoje recebi um email com a divulgação das datas em que irá atuar no próximo ano, o que significa que já tem uma equipa encarregada de fazer a publicidade e divulgação do seu trabalho.

Pergunto-me se, mais uma vez, o programa está feito para ser ele o vencedor?

O Ricardo Neiva continua a fazer escolhas diferentes, mas nem sempre as melhores. Houve momentos em que gostei, outros em que me perguntei o que raio estava ele a fazer a uma música tão bonita, com tantas voltinhas para se descolar do original.

Tomás Adrião - não o suporto! Não gosto daquela mania, daquele ar de convencido que é o melhor, que é diferente, que sente a música. Há ali muita coisa forçada, muita preocupação com os gestos. Em sair da caixa. Mas por vezes, menos é mais. E mais, neste caso, foi menos.

O Ricardo Barroso fez uma boa atuação, como já nos tem habituado. Gostava de o ver agora noutros registos, ou ouvi-lo cantar em português.

 

E como, em nome das audiências, vale tudo, decidiram pôr-nos a todos em standby, à espera da decisão final da Marisa, que esta noite não esteve presente por motivos de saude.

Após os votos do público garantirem a presença na próxima gala do Tiago e do Tomás, ficou por decidir qual dos Ricardos ocupará a terceira vaga.

Espero, sinceramente, que a Marisa escolha o Ricardo Barroso.

 

 

 

Imagens The Voice Portugal

 

 

 

A primeira etapa dos Tira Teimas

Foto de The Voice Portugal.

 

Serviu para tirar as teimas de que nem sempre passam os melhores, e que há muita coisa por detrás daquilo que querem passar cá para fora, incluindo interesses que vão além do propósito do programa, e outros que, satisfazendo as prioridades a nível de audiências, acabam por deixar para segundo plano o objectivo principal que devia ser tido em conta.

 

Equipa da Aurea

Foto de The Voice Portugal.

O Pedro provou que é no fado que se sente melhor e consegue dar o máximo. Seria o concorrente que eu escolheria, a par com a Ana Paula. Confesso que são dois estilos que não me agradam, sobretudo o lírico, tenho dificuldade em suportar. Mas foram os melhores concorrentes desta equipa neste Tira Teimas.

A Catalina cantou bem, mas posso ouvir outras concorrentes a cantar o mesmo, sem distinguir.

A Diana Lucas não esteve, de todo, no seu melhor. Mas já sabíamos que a Aurea não ia deixar a sua amiga para trás na competição. Má escolha da mentora.  

Ana Paula 

Diana Lucas 

 

 

Equipa do Mickael

Foto de The Voice Portugal.

O que é que se passou com estes rapazes?

O Simão que, claramente, eu não teria passado para esta fase, conseguiu ser o melhor dos 4! 

Já o Tiago e o Fábio, marcaram pela negativa. Ou a escolha não foi a mais acertada, ou não souberam dar tudo o que as músicas pediam.

A Jessica, que eu nunca teria trazido para os Tira Teimas, surpreendeu pela positiva e seria ela, a par com o Simão, que eu passaria para as galas.

Simão 

Fábio 

 

 

Equipa do Anselmo

Foto de The Voice Portugal.

O José era "o elo mais fraco", pelo que estava, à partida, condenado. A Vanessa é vista como uma diva, mas não me convence.

A Marta está a mostrar que deve apostar numa carreira a solo, e esquecer o trio, porque foi uma das melhores do grupo, a par com a Beatriz. Mais uma vez, fado não é um estilo que eu aprecie, e talvez ela não se adapte a outros estilos, mas se não é isso que se pede, tal como a Marisa referiu em relação a outro concorrente, então seria justo ela passar.

Marta 

Vanessa 

 

 

Equipa da Marisa

Foto de The Voice Portugal.

Nesta equipa, os dois concorrentes que eu escolheriam seriam a Inês e o Tomás. A Cristiana não me convenceu, Já o Tiago, parece estar a "ser levado ao colo". Parece haver uma "ordem" para mantê-lo no programa, pelo bem das audiências e dos corações apaixonados que se derretem a ouvi-lo cantar. O discurso da Marisa, seria esplêndido noutro contexto. Aqui, pareceu um pouco ridículo. E nem é por eu ter alguma coisa contra o Tiago. Achei a prova dele fantástica, e voltou a encantar neste Tira Teimas. Mas viu-se pelos ensaios que nem neste estilo, ele consegue sempre estar no ponto. Tanto que teve de mudar o tema.

Tomás 

Tiago 

 

Ou seja, de acordo com as minhas preferências apenas passou, de forma justa, um concorrente de cada equipa!

Esperemos pelo próximo Tira Teimas!

 

 

Imagens The Voice Portugal 

 

 

Let's Dance - terceira gala

Sem Título.jpg

A terceira gala do Let's Dance foi no último sábado.

 

 

Sem Título2.jpg

Em risco de sair estavam a Bruna e a Inês. A Bruna foi sempre mais votada que a colega. No entanto, nesta gala, a Inês mostrou aquilo que já devia ter mostrado antes, e deu tudo para tentar convencer os portugueses a votar nela. Mesmo assim, não foi suficiente. E ela acabou mesmo por sair.

 

 

Resultado de imagem para ivanoel let's dance

O Ivanoel e a Kateryna foram considerados os melhores bailarinos da gala, mas como o prémio só podia ser entregue a um deles, calhou à Kateryna, que assim recebeu imunidade para a próxima gala. Penso que foi justo. Ela tem mostrado que é das melhores bailarinas que ali está, e versátil.

 

 

Sem Título1.jpg

Entre uma Kateryna que nunca dançou um paso doble, e a Daniela que dançou tango, totalmente dentro do seu estilo, preferi muito mais a Kateryna.

 

 

Sem Título3.jpg

Sem Título4.jpg

Relativamente aos convidados, gostei muito de ver a Mónica Jardim e o João Montez a dançar o tango, e adorei a actuação dos Átoa que, ao contrário do C4 Pedro na semana anterior, deixaram os bailarinos brilhar.

 

 

 

Por explicar, a não ser por um comentário final da Rita Pereira, ficou o facto de terem deixado de exibir os directos no canal 12, substituindo-os pelo Love on Top, e o facto de os bailarinos terem sido "obrigados" a sair da academia que foi criada propositadamente para eles, e para este programa.

As baixas audiências justificam tudo.

Mas o que é certo é que polémicas não faltam neste programa, desde a escolha dos concorrentes, a clara preferência e apoio do Cifrão a alguns deles, o favorecimento de alguns concorrentes que dançam os seus estilos, o satisfazer de alguns pedidos (diz-se que foi a Daniela que pediu para trabalhar com o coreógrafo Pedro Borralho), enfim...

 

No meio disto tudo, fiquei com uma dúvida: tendo saído apenas a Inês, como é que se vão agora formar as duplas?

 

 

Imagens Lets Dance TVI

 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP