Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Adoro dançar!

dançar.jpg

 

Já nos meus tempos de criança e adolescente dançava nos bailes com as minhas amigas! Sim, porque nesse tempo, os rapazes eram envergonhados. Preferiam ficar uma noite inteira parados, a apreciar a vista, do que dar um pezinho de dança.

Aos 17 anos fui, pela primeira vez, a uma discoteca! Charles Bar, na Praia Azul, para os lados de Torres Vedras. Era um espaço espectacular, a pista abria cedo e era a noite toda a dançar. Só parava para beber água, ou para descansar 2 ou 3 minutos. A música era a minha favorita - anos 80, com alguma música latina e reggae á mistura.

Mais tarde, aproveitei também na discoteca "Casino" na Praia das Maçãs, e na "Sem Horas", no Sobral de Monte Agraço, onde cheguei a comemorar um aniversário.

Foi também por esta altura, vinte e poucos anos, que voltei a dançar outro estilo de música, desta vez nas associações que promoviam bailes aos fins de semana, com as bandas da altura, da qual destaco a "Chaparral Band".

Depois de ter a minha filha, e já mais velha, as idas a uma discoteca foram esporádicas, e já não me entusiasmam tanto. Talvez por ser difícil encontrar alguma com a música que gosto. 

Mas não digo que não a um baile! Ainda mais agora que a minha filha também já faz par comigo! Numa noite de baile, vou alternando uma música com ela, outra com o meu marido. Eles vão tendo umas pausas para descansar. Eu é que não!

E se for a um bar, com algum cantor ao vivo a tocar boa música, também danço. E em casa! E até nos sonhos!

Simplesmente, adoro dançar! E é um excelente exercício físico!

Há Bandas...

...e A Banda!

 

 

Quando estamos habituados a alguma coisa da qual gostamos particularmente, é difícil considerar que pode haver melhor.

E, não raras vezes, recusamo-nos a conhecer outra, convencendo-nos de que não valerá a pena, sem sequer dar a mínima hipótese.

Por isso mesmo, e depois de umas belas noites de baile ao som dos Ouriços, não tivémos muita vontade de ir a bailes com outras bandas.

No entanto, neste fim de semana que passou, como a festa era aqui na vila, resolvemos ir. Na sexta, fui com a minha filha. No sábado, com o meu marido.

Duas bandas diferentes, dois estilos diferentes. Não conhecia nenhuma, embora já tivesse ouvido falar de ambas, que alegraram muitas das festas de verão. Quanto à primeira, destaco a voz e a simpatia da vocalista feminina. Já a segunda banda, não convenceu. Dançámos 3 ou 4 músicas e desistimos!

A verdade é que estamos tão habituados ao ritmo e aos sons dos Ouriços, assim como às belas vozes dos vocalistas, que nos faziam dançar durante mais de três horas que, simplesmente, nenhuma outra consegue esse feito, por mais que tente. E é com muita pena minha que tive hoje conhecimento que a vocalista feminina, Lara Veríssimo, vai deixar a banda. Embora algumas pessoas preferissem a banda sem a voz feminina, eu acho que ela era uma mais valia. 

 

Sobre os Ouriços

 

Não é de agora que conheço a banda.

De facto, há já vários anos que eles animam as festas de verão.

Começaram por ser uma banda de ouriços - tudo bons rapazes, mas há cerca de um ano, quando estiveram aqui em Mafra, trouxeram uma mudança - uma voz feminina. Pessoalmente, acho que foi uma mais valia para o grupo. 

Durante esse tempo, cheguei a ir a alguns bailes em que eles actuavam.

No entanto, só agora começámos a segui-los com mais regularidade.

E posso dizer que são pessoas impecáveis, simpáticas, brincalhonas, simples e muito humildes, que nos tratam com muito carinho.

Sempre foi, e continua a ser, uma das bandas mais conhecidas entre nós, com boa música e boas vozes, que nos consegue sempre surpreender em cada espectáculo, e nos proporciona bons momentos de diversão. 

Há 3 séculos atrás...

 

...poderia estar num destes bailes!

Usando um belo vestido de noite, discreto mas sedutor!

Dançando toda a noite!

Bebendo algumas taças de champanhe!

Convivendo com os restantes convidados!

E sem me preocupar com o dia de amanhã!

 

Ou talvez não.

Afinal, a minha condição financeira e social não me permitiria frequentar estes bailes da "nata" da sociedade!

E mesmo que assim fosse, provavelmente estaria a um canto, esperando que notassem a minha presença, que conversassem comigo ou que algum cavalheiro me convidasse para dançar!

 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP