Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Instinto, amizade e solidariedade

IMG_3317.JPG

 

O instinto de "mãe" de gatas

Uma das coisas que aprendi com a Sandra Pestana e a sua história com a Cleo foi que, por vezes, temos de seguir o nosso instinto e o nosso coração, e fazer aquilo que achamos ser o melhor para os nossos amigos de quatro patas.

Ontem foi dia de levar a Amora a fazer uns exames que exigiam jejum e aplicação de clisteres. Como não temos muito jeito para essas coisas, e porque nos disseram que o faziam no hospital, levámo-la mais cedo, para que pudessem ser eles a aplicar-lhe. Fomos, no entanto, avisados de que ela poderia não se sentir à vontade lá para fazer as necessidades e, nesse caso, não lhe fariam os exames.

Ligaram-nos ao final da tarde a informar que ela não tinha feito nada, que teria de passar lá a noite para lhe aplicarem novo clister, e os exames ficariam para o dia seguinte. Falaram com o meu marido, mas eu disse que queria lá ir falar com o médico.

Na verdade, não havia necessidade de ela passar lá a noite. A única questão era termos de ser nós a fazer aquilo que antes tentámos evitar - aplicar os clisteres. Segui o meu instinto e trouxemo-la de volta, ficando de levá-la no dia seguinte. Foi o melhor que fizemos. Nada como estar junto da família, na sua casa e com a sua amiga Becas.

Foi-nos dito que teria que continuar em jejum, o que não me agradou nada - já seriam quase dois dias sem comer - e que poderíamos dar água. Depois de algum tempo, mais uma vez segui o meu instinto e dei-lhe de comer! Ora se na véspera podia comer até 12 horas antes, porque não poderia ontem também? Claro que lhe dei só um bocadinho, porque ela tinha que esvaziar os intestinos todos.

Aplicámos o clister à hora combinada e esperámos.

 

Como reagiu a Becas a tudo isto? Amizade, e solidariedade!

Praticamente não comeu ao longo do dia, primeiro porque tirámos tudo às duas, depois, por solidariedade com a sua companheira.

E, por incrível que pareça, assim como a Amora não fez cocó enquanto esteve no veterinário, também a Becas se absteve de o fazer em casa.

Assim que a Amora chegou, e depois de se cumprimentarem, a Becas enfiou-se na transportadora da Amora. Só saiu, depois de a Amora ir, finalmente, à caixa, duas horas depois do clister ser aplicado. E só depois de a Amora fazer cocó é que a Becas foi também fazer!

 

Ora, se tivessemos deixado a Amora no hospital, teria passado a noite sozinha num ambiente estranho. Assim, dormiu com a Becas na nossa cama, ao pé de quem a ama.

 

Hoje, voltámos a aplicar outro clister. Já tínhamos decidido que, se não desse novamente para fazer, desistiríamos. Em casa não fez nada. Levámo-la para o hospital, com esperança de que seria desta.

Às 16, ligaram-nos a dizer que já tinham feito o exame, que tinha corrido tudo bem e que a Amora já estava acordada!

Valeu a pena tê-la trazido para casa, e ter-lhe dado aquele pedacinho de ração. Quem sabe se não ajudou até a que ela fizesse o serviço.

 

Sobre os exames, deram-nos boas e não tão boas notícias. As boas são que a Amora, aparentemente, não tem qualquer problema anatómico que lhe provoque a incontinência.

As menos boas são que continuamos às escuras quanto à causa dessa incontinência. E, para já, só temos 3 caminhos a seguir:

 

- efectuar uma TAC, mas teríamos que sujeitá-la a anestesia geral e outros procedimentos invasivos

- não fazer nada, se não nos causar incómodo

- tentar um "trial treatment" à base de medicação durante algum tempo, para ver como ela reage - algo quase a título experimental, que ainda irão estudar porque são raríssimos os casos de incontinência urinária em gatos tão jovens

 

A hipótese da causa neurológica continua a ser, na opinião do médico, remota.

Vamos optar, para já, pelo tratamento.

A esterilização continua a não ser recomendada, sob pena de tornar esta incontinência mais grave e permanente. Não esterilizando, corre outros riscos, mas talvez sejam um mal menor e a longo prazo.

 

Para já, está de volta a casa e às suas rotinas de sempre com a amiga Becas, que embora esteja volta e meia a implicar com a Amora, não pode já

 

 

viver sem ela!

Leilão e Rifas da Becas

Becas 52.JPG

 

Aqui no Clube de Gatos já todos me conhecem, e tem sido incrível todo o apoio que me têm dado, e aos meus donos, nesta fase complicada em que quase me perderam. Por isso, agradeço-vos a todos - aos meus companheiros felinos, e aos seus donos!

Também quero agradecer a algumas pessoas que, mesmo não fazendo parte do Clube, me ajudaram. Nunca esquecerei o que fizeram quando eu e os meus donos mais precisaram.

 

 

Para quem ainda não me conhece, o meu nome é Becas, tenho quase 3 meses, e fui adoptada pelos meus donos, juntamente com a minha amiga Amora, depois de terem perdido a sua gata Tica.

Apesar de ser uma gatinha cheia de vida e muito traquina, há uns dias atrás, fiquei muito doente e tive que ser internada. Tinha panleucopénia. Estava sem defesas no meu sistema imunitário. O prognóstico era reservado, e corri risco de vida.

Mas a minha "madrinha" Tica, a corrente positiva que se formou para torcer por mim, o tratamento que me foi prestado pelos doutores e enfermeiras do Hospital Veterinário do Atlântico e, acima de tudo, a decisão dos meus donos, de seguir em frente com o internamento, mesmo depois de se terem deparado com um orçamento totalmente fora das suas possibilidades, permitiu-me recuperar e sobreviver, e estar aqui hoje!

Mas, ainda assim, a despesa veterinária tem que ser paga nos próximos dias, e os meus donos organizaram um leilão e as rifas solidárias para conseguirem uma ajuda.

Não custa nada colaborar, basta partilhar esta acção, comprar uma rifa ou licitar um livro que gostem! 

 

Becas 25.JPG

 A seguir, têm toda a informação toda reunida e actualizada.

 

Livros para quermesse - rifas solidárias

 

(livro novo)

 

 (livro novo)

 

1º - Estão disponíveis 30 números de rifas (de 1 a 30)

Números reservados - 4/22/24

Cada rifa tem o valor de € 1,00. O sorteio será efectuado, através do sistema random.org, logo que as 30 rifas estejam esgotadas ou, no máximo, até ao dia 31 de Maio de 2016 (serão sorteados 2 números - um para cada livro). 

 

 

12966213_10154152894289312_937669992_n.jpg

(livro novo, com autógrafo personalizado)

 

2º - Estão disponíveis 25 números de rifas (de 1 a 25). Cada rifa tem o valor de € 1,00. O sorteio será efectuado, através do sistema random.org, logo que as 25 rifas estejam esgotadas ou, no máximo, até ao dia 31 de Maio de 2016. 

Números reservados - 3, 4, 5, 6, 7, 12, 13, 14, 15, 17, 18, 19, 21, 23, 24, 25

 

 

image.jpe

 

image (1).jpe

 

3º - Estão disponíveis 20 números de rifas (de 1 a 20)

Cada rifa tem o valor de € 1,00.

Números reservados: 3, 5, 6, 7, 8, 9

 

O sorteio será efectuado, através do sistema random.org, logo que as 20 rifas estejam esgotadas ou, no máximo, até ao dia 31 de Maio de 2016 (serão sorteados 2 números - um para cada livro). 

 

 

AMINHA-1.JPG

 

Cozinhar Celebrar Partilhar_001.jpg

 

4º - Estão disponíveis 20 números de rifas (de 1 a 20)

Cada rifa tem o valor de € 1,00.

Números reservados: 2, 3, 8, 9, 10, 11, 13, 14, 16

O sorteio será efectuado, através do sistema random.org, logo que as 20 rifas estejam esgotadas ou, no máximo, até ao dia 31 de Maio de 2016 (serão sorteados 2 números - um para cada livro). 

 

 

6465183_zuvRQ.jpeg

 

Assédio Niki.jpg

Não sei como ela Niki.jpg

 

 

Doc1_0001.jpg

Doc3.jpg

 

Doc5.jpg

 

5º - Estão disponíveis 40 números de rifas (de 30 a 70)

Cada rifa tem o valor de € 1,00.

O sorteio será efectuado, através do sistema random.org, logo que as 40 rifas estejam esgotadas ou, no máximo, até ao dia 31 de Maio de 2016 (serão sorteados 7 números - um para cada livro).

 

 

Pedia aos interessados que me deixem um contacto, para que possa nessa altura pedir os dados para envio. Podem enviar para o meu email - marta.isabel.segao@hotmail.com

 

 

Livros para Leilão

 

(livro novo)

Base de licitação - 5 euros

Licitado por 8 euros - Dona Pavlova

Licitado por 10 euros - Aldemar

 

 

(livro novo)

Base de licitação - 5 euros

Licitado por 8 euros - Niki

 

(livro novo)

Base de licitação - 5 euros

Licitado por 10 euros - Mula

 

9789722032308.jpg

Base de licitação - 5 euros

Licitado por 10 euros - Sofia Almeida

Licitado por 20 euros - Paula Martins

 

Estalagem Sónia.jpg

Base de licitação - 5 euros 

 

Mil dias Sónia.jpg

Base de licitação - 5 euros 

 

Herman.JPG

 Base de licitação - 5 euros

 

 Não ao Sim.JPG

Base de licitação - 5 euros

 

Até ao dia 31 de Maio, os artigos licitados pelo valor mais alto que estiver até esse momento, serão enviados para os respectivos licitadores. Pedia aos mesmos que me deixem um contacto, para que possa nessa altura pedir os dados para envio. Podem enviar para o meu email - marta.isabel.segao@hotmail.com
 
 
 
Deixo aqui o IBAN para onde poderão efectuar o pagamento das rifas/ livros licitados:
 
PT50003504260003699840098 
 
 
 
Também podem aceder à página de facebook - https://www.facebook.com/ajudabecas/
  • Blogs Portugal

  • BP