Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Não deixes para amanhã...

...o que podes fazer hoje!

 

Há uma semana que andava a "namorar" a boneca Anna do filme da Disney - Frozen - O Reino do Gelo, que havia no hipermercado onde costumo fazer as compras. Mas a minha filha preferia a Elsa.

Como eu ainda consigo ser mais criança que ela, decidi comprar uma para mim e a outra para ela! E, com essa resolução tomada, dirigi-me ao dito hipermercado no dia seguinte. Para meu azar, não havia nem uma :( 

Havia Barbies, Nancys, Winx, Monster High, Bratz, Merida, e não sei quantas outras, aos montes. Mas aquelas três bonecas do Frozen, que lá estavam no dia anterior, desapareceram!

Agora é esperar que um dia destes voltem a aparecer por lá, porque nas outras grandes superfícies em que procurei aqui em Mafra, já me avisaram que não costumam ter novidades, e muito menos, da Disney. 

Para a próxima já sei que, se quiser alguma coisa, é levar na hora, em vez de deixar para depois!

 

 

 

Toy Storie - Brinquedos até ao infinito...e mais além!

 

 

Ontem foi dia de tripla sessão de Toy Storie!

Acabadinhos de chegar a casa (para fazer companhia ao primeiro), o 2 e o 3, como prenda pelas boas notas do 2º período da minha filha!

Gosto de colecções, e esta era obrigatória. São histórias de brinquedos que se poderiam muito bem transpor para a realidade, e para as pessoas.

Na verdade, com a chegada de novas pessoas às vidas de cada um, quem já faz parte dessa vida pode-se sentir ameaçado pelas novas presenças. Pode ter medo de perder o seu lugar.

Mas aqui, na história, mostrou-se que dois brinquedos fantásticos podem coabitar e coexistir, sem que nenhum seja colocado de parte. Mostra-se o verdadeiro valor da amizade, do espírito de entreajuda e equipa, de sentimentos e recordações que todos os brinquedos nos trazem, da sua importância ao longo da nossa vida. E consegue-se fazer um contraste entre as diferentes formas como os brinquedos são tratados. 

Embora cada um dos filmes tenha a sua importância, para mim o mais marcante foi, sem dúvida, o terceiro! É o que mais mexe com as emoções, o que nos faz recordar a evolução do tempo, a nossa evolução, e como os brinquedos nos foram acompanhando. E quando já não somos mais crianças, que destino os espera? Eu ainda guardo bonecas, peluches e brinquedos de quando era pequena. Tive pena que o meu pai tivesse doado outros que eu adorava. E a minha filha, contagiada pelo espírito do filme, decidiu recordar os velhos tempos e ir buscar estas duas bonecas - a Inês e a Marta - para brincar!

A mensagem passou!

 

  • Blogs Portugal

  • BP